27º Suespar conta com a participação de mais de 900 pessoas

27º Suespar conta com a participação de mais de 900 pessoas

O Simpósio das Unimeds do Estado do Paraná (Sues-par) chegou à sua 27ª edição levando mais de 900 pessoas ao Mabu Thermas Grand Resort, em Foz do Iguaçu, entre 13 e 16 de junho. O evento teve como temática principal “O cliente como centro da estratégia” e contou com diversas palestras, oficinas, minieventos e apresentações. Neste ano, a Unimed Paraná, realizadora do evento, come-mora 40 anos e o evento também celebrou esse marco.
A mesa de honra da sessão de abertura, dia 13, contou com as presenças de Paulo Roberto Fernandes Faria, presidente das Unimeds Paraná e Mercosul; Orestes Medeiros Barrozo Pullin, presidente da Unimed do Brasil; Darci Piana, vice-Governador do Paraná; Isidoro Villamayor Alvarez, presidente da Unimed Foz do Iguaçu; Evair de Melo, deputado federal e presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop); Nilson Luiz May, presidente das Unimeds Participações e Rio Grande do Sul; Alexandre Ruschi Filho, presidente da Central Nacional Unimed; Adelson Chagas, diretor da Seguros Unimed; Luiz Carlos Misurelli Palmquist, diretor Administrativo/Financeiro da Fundação Unimed; Roberto Yosida, presidente do Conselho Regional de Me-dicina do Paraná (CRM-PR); Nerlan Tadeu de Carvalho, presidente da Associação Médica do Paraná (AMP); José Roberto Ricken, presidente do Sistema Ocepar/Sescoop-PR; Renato Nóbile, diretor da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB); Álvaro Jabur, presidente da Uniprime Central; Manfred Dasenbrock, presidente da Central Sicredi; e Osli de Souza Machado, procura-dor-Geral de Foz do Iguaçu.  José Roberto Ricken, presidente da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), reforçou que a força do cooperativismo está na integração e na sintonia: “esse compromisso de integração e cooperação faz a gente crescer econômica e socialmente”, avaliou. Já o presidente da Unimed do Brasil, Orestes Pullin, relembrou que participou de todas as 27 edições do Suespar e destacou em seu discurso a importância do cooperativismo de saúde no país. “Ninguém imagina o Brasil sem as cooperativas e essa infraestrutura de saúde é algo de extrema relevância. Os médicos precisam e querem trabalhar e os pacientes pre-cisam de atenção à saúde”, comentou. E levou uma mensagem de otimismo, reforçando que precisamos ter coragem e perseverança, que o país vai melhorar. “O Sistema é grande e de-pende de todos nós”, comentou.
“Queria dizer da alegria de ter o sistema cooperativista do estado do Paraná, que é um exemplo para esse país. E ainda temos muito o que crescer. Tenho orgulho de dizer que o Paraná tem dado exemplo de muita coisa e também do sistema cooperativista de saúde, com toda essa infraestrutura que a Unimed apresenta para os paranaenses e brasileiros”, destacou o vice-governador do esta-do, Darci Piana, representando o governador Ratinho Junior.
Paulo Faria, presidente da Unimed Paraná, fez menção especial aos ex -presidentes da Unimed Paraná, Luís Palmquist e Orestes Pullin, reverenciando-os por tudo o que representam para a Federação. “Nesses 40 anos, a Federação e as Unimeds do Paraná vêm se consolidando por seu trabalho sério competente e integrado. Apesar dos desafios, das adversidades e de um mercado extremamente disputado e regulado, temos conseguido cultivar e aprimorar nossas principais competências: a boa prática da medicina, o tratamento humanizado e o acolhi-mento dos nossos clientes. É preciso não esquecer que essas características nos fortalecem e nos beneficiam apesar das grandes capacidades de investimentos dos nossos concorrentes, no entanto, precisamos responder com decisões tecnológicas e inovadoras e também a facilitação ao acesso investindo em novos modelos”, citou. A programação deste ano abordou temas como “Saúde mental”, “Inovação”, “Oficina de inteligência artificial aplicada na gestão da saúde”, “DRG”, “Cenários e tendências de mercado na saúde suplementar”, “Cuidados paliativos”, “Design de serviços” e “Soluções de mercado com foco nas necessidades dos clientes”. As palestras magnas foram sobre “APS- atenção primária e Jornada do Paciente”; “Integração de dados Clínicos na saúde”, “O cliente no centro da estratégia”, e “Longevidade/Terminalidade”, que abordou o processo do envelhecimento, nos aspectos biológicos, psíquicos e culturais, a questão da promoção de saúde, determinantes do bem-estar físico e psíquico e o envelhecimento bem-sucedido. Também foram apresentadas soluções de redes de atendimento com capacidade elevada de ampliar a qualidade assistencial e reduzir o custo.
O principal objetivo do Suespar é reunir as Unimeds para a discussão de questões em comum, composição de soluções, troca de experiências e implementação do desenvolvimento de suas equipes. Todos os anos, colaboradores, médicos-cooperados e dirigentes das Unimeds, além de outros líderes – nacionais e inter-nacionais – do setor de saúde e do cenário político, econômico e empresarial, passam pelo Simpósio pro-movendo um espaço rico de reflexão, troca de experiências e estímulo ao desenvolvimento profissional.

EVENTO PRESTIGIADO

Antes da plenária sobre o RES, no dia 14, pela manhã, o deputado Evair de Melo, o atual presidente da Frencoop- Frente Parlamentar do Cooperativismo, apresentou alguns pontos pelos quais vem trabalhando. Ele que foi convidado e apresentado pelo presidente da Unimed Paraná Paulo Faria e o presidente da Unimed do Brasil Orestes Pullin.
“Vindo de uma região cooperativista, nossas angústias e aflições fizeram com que a gente acompanhasse mais a vida pública, especial-mente, as questões das nossas cooperativas”, salientou. Ele lembrou das primeiras organizações de imigrantes e da importância do cooperativismo na economia brasileira. Criticou vários pontos da legislação e da forma como a política econômica vem sendo conduzida até aqui e comprometeu-se na luta por pontos importantes ao cooperativismo. Citou a defesa de um projeto em tramitação na Câmara dos Deputados, que se propõe a liberar parte de reservas das operadoras de planos de saúde, atualmente depositadas em garantia, por imposição da ANS, para o setor investir em recursos assistenciais próprios, o que movi-mentaria a economia. Com isso, o deputado reconheceu a importância da Unimed no sistema de saúde suplementar brasileiro e a importância de se buscar avançar em pontos da legislação que possibilitem o fortalecimento do cooperativismo de saúde. Financiamentos, descontigenciamentos, entre outros.

PREMIAÇÕES

Na sessão de encerramento, os participantes puderam conhecer os vencedores do Prêmio Performance e também os ganhadores dos sorteios de brindes fornecido pela organização, patrocinadores, apoiadores e expositores. Confira os vencedores:

COMISSÃO ORGANIZADORA E DE APOIO

Há 27 anos, o Suespar – Simpósio das Uni-meds do Estado do Paraná é feito por gente da casa. O evento tem sua grade e logística feitos por uma comissão organizadora, composta por colaboradores e diretores, que inicia seus traba-lhos para o ano seguinte logo após o término do evento atual. Uma realização da Unimed Paraná, ele contou em 2019, com 900 convencionais, patrocínios da Unimed Mercosul, Seguros Uni-med, da Central Nacional Unimed e da Medilar e apoio da Dental Uni, Uniprime, Unicred, e Lar e saúde; e parceiros, Unimed Foz do Iguaçu, Ses-coop-PR, Copel e Sanepar. Além dos exposito-res: Jabra, Uniair e central de serviços rio grande do Sul, Gadiel bolsas, Medsalva, Praisce da xp investimentos e Gráfica Tuicial. Nosso especial agradecimento a todos.

José Ricken, Paulo Faria, Orestes Pullin e Renato Nóbile
Feira de negócios
Unimed Cascavel, ganhadora do Prêmio Performance Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *