41 filmes sobre saúde e medicina que você não pode deixar de ver

As três faces de Eva

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/pt/thumb/b/b1/As_Tr%C3%AAs_Faces_de_Eva_poster.jpg/200px-As_Tr%C3%AAs_Faces_de_Eva_poster.jpg

Filme, americano, de 1957, dos gêneros drama e mistério, dirigido por Nunnally Johnson. Filmado em CinemaScope, a produção foi baseada no livro homônimo dos psiquiatras Corbett H. Thigpen e Hervey M. Cleckley, os quais também ajudaram a escrever o roteiro. A história foi baseada no caso de sua paciente Chris Costner Sizemore, também conhecida como Eve White, uma mulher que eles supunham sofrer de transtorno dissociativo de identidade (então conhecido como distúrbio de personalidades múltiplas). A identidade de Sizemore foi ocultada em entrevistas e neste filme, e só foi revelada ao público em 1977.

A atriz norte-americana Joanne Woodward ganhou o Oscar de Melhor Atriz por sua atuação no filme, tornando-se assim a primeira atriz da história a ganhar um Oscar por interpretar três personalidades diferentes (Eva White, Eva Black e Jane). “As Três Faces de Eva” também se tornou o primeiro filme, desde 1936, a ganhar o prêmio de Melhor Atriz sem ser indicado em nenhuma outra categoria, sendo a atriz anterior Bette Davis, pelo filme Dangerous (1935).

2. Alive Inside

Dan Cohen é o fundador da organização, sem fins lucrativos, Música e Memória. O grupo luta para provar que a música tem capacidade de combater a perda de memória, trazendo identidade para pessoas depressivas ou com problemas de esquecimento. Este documentário mostra experiências de vários americanos que testemunharam a diferença que a música faz. Com depoimentos de especialistas, o filme traz essa forte conexão entre música e alma, uma cura que atinge onde os medicamentos normais não conseguem chegar.

Leia também: 12 livros que falam de saúde e medicina que você não pode deixar de ler

3. Bem-Vindo a Marly Gomont

Bom filme sobre medicina: https://tinypng.com/

 “Bem-Vindo a Marly Gomont” (Bienvenue à Marly-Gomont), dirigido por Julien Rambaldi e lançado em 2016, conta a trajetória de Seyolo Zantoko (Marc Zinga), um jovem médico negro que acabou de se formar em Kinshasa, capital do Congo (antigo Zaire). Após se formar, ele aceitou a proposta para trabalhar em um pequeno vilarejo francês chamado “Marly Gomont”, no interior da França.

A aldeia nunca teve moradores negros até a mudança da família Zantoko e o filme mostra as dificuldades, desafios e superações que tiveram que enfrentar. De uma forma leve, o filme mistura os momentos de drama sem tirar o humor do roteiro, expondo o impacto de ser diferente em uma terra fértil para a ignorância.

Não é uma história apenas sobre racismo, mas também de resiliência de uma família estrangeira em uma terra cheia de preconceitos, algo um tanto comum nos dias de hoje.

4. Clube de Compras Dallas

 Clube de Compras Dallas

Essa é a história de Ron Woodroof (Matthew Mcconaughey), um eletricista de Dallas que foi diagnosticado com o vírus da HIV, em 1986. A década de 1980 foi um dos períodos mais obscuros da AIDS e o filme retrata a luta do personagem e como ele lidou com o vírus. O filme mostra a dura realidade de quem convive com o vírus e como foi, na época, receber a notícia do prognóstico de uma doença ainda pouco conhecida.

5.  Coisas belas e sujas

Filmes sobre médicos e medicina: Coisas belas e sujas

(“Dirty Pretty Things”), dirigido por Stephen Frears em 2003, conta a trajetória de um médico (Chiwetel Ejiofor), imigrante ilegal vindo da Nigéria e que descobre o lado desagradável da vida em Londres ao se deparar com o tráfico ilegal de órgãos. Um filme que desnuda a cruel realidade do mercado negro da saúde, não apenas na Europa, mas também no mundo.

6. Contágio

Filmes sobre médicos e medicina: Contágio

(“Contagion”), filme de 2011, dirigido por Steven Soderbergh e com elenco grandioso: Jude Law, Laurence Fishburne, Kate Winslet, Gwyneth Paltrow, Matt Damon e Marion Cotillard.

Relata com fidelidade o processo de disseminação e controle de grandes pandemias, sendo possível observar uma doença sob diversos aspectos. Um vírus letal, altamente contagioso e transmitido pelo contato com pessoas infectadas ou com objetos que tenham tocado, aterroriza o planeta pela velocidade com que é disseminado. A Comunidade Científica busca o desenvolvimento de uma vacina para uma possível cura.

7. Efeito Lúcifer

Ler, ver e beber: Filme sobre experimento em Stanford é a dica da ...

O filme conta a história do experimento, que ocorreu em 1971, de Philip Zimbardo, professor e psicólogo, e sua equipe com o objetivo de estudar o comportamento humano e analisar a influência que o poder e uma instituição podem ter nas atitudes de uma pessoa. O experimento consistia em assistir jovens universitários voluntários que foram divididos em dois grupos, os prisioneiros e os guardas. 24 jovens, saudáveis física e psicologicamente, foram escolhidos e passariam somente 2 semanas em uma prisão improvisada nas salas da própria Universidade de Stanford. Os voluntários receberiam 15 dólares por dia.

8.  Gênio Indomável

Gênio Indomável

Em Boston, um jovem de 20 anos (Matt Damon) que já teve algumas passagens pela polícia e servente de uma universidade, revela-se um gênio em matemática e, por determinação legal, precisa fazer terapia, mas nada funciona, pois ele debocha de todos os analistas, até se identificar com um deles.

9. Hipócrates – diário de um médico francês

Hipócrates

Benjamin (Vincent Lacoste) é residente no mesmo hospital que seu pai (Jacques Gamblin) trabalha. Um dia, ao ser chamado no plantão, ele atende um paciente regular, apelidado de Tsunami (Thierry Levaret). Como não havia como fazer um exame devido ao aparelho necessário estar quebrado, Benjamin apenas receita um analgésico. No dia seguinte, ao chegar ao hospital, descobre que o paciente morreu. Devastado pela notícia, ele é protegido pelo pai, que divulga a todos que o filho havia feito o tal exame. Esta situação atinge em cheio a autoconfiança de Benjamin, especialmente quando precisa lidar com outro residente, Abdel (Reda Kaleb), que veio de outro país e mora em um alojamento no próprio hospital.

10. Holocausto Brasileiro

Adaptação do livro homônimo escrito por Daniela Arbex, este é um retrato aprofundado e contundente sobre os eventos que ficaram conhecidos como Holocausto Brasileiro, ou seja, o grande genocídio cometido contra os pacientes psiquiátricos do hospício de Barbacena, em Minas Gerais, local onde os pacientes eram torturados, humilhados e assassinados.

11. Ilegal

Ilegal

Katiele Fischer, de 33 anos, é mãe de Anny Bortoli Fischer. A menina de 5 anos desenvolveu uma doença rara – a síndrome CDKL5, problema genético raro que causa epilepsia grave e sem cura – e constantemente sofre com convulsões. Na luta contra o sofrimento da filha, Katiele encontra apenas uma substância que pode tratar sua filha, o CBD, derivado da Cannabis sativa. Ela precisa trazer a substância ilegalmente ao Brasil, pois qualquer produto com origem na planta da maconha é proibido no país.

12. Intocáveis

Philippe (François Cluzet) é um aristocrata rico que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente, ele decide contratar Driss (Omar Sy), um jovem problemático que não tem a menor experiência em cuidar de pessoas no seu estado. Aos poucos ele aprende a função, apesar das diversas gafes que comete. Philippe, por sua vez, se afeiçoa cada vez mais a Driss por ele não o tratar como um pobre coitado. Aos poucos a amizade entre eles se estabelece, com cada um conhecendo melhor o mundo do outro.

13. Kinsey – Vamos falar de Sexo

 Kinsey - Vamos Falar de Sexo

Em 1948, abordar o tema da sexualidade era um enorme tabu para a sociedade. Albert Kinsey, interpretado por Liam Neeson, lança um livro “Sexual Behavior in the Human Male” para abordar dados sobre o comportamento sexual da população. O filme foi inspirado em um homem chamado Alfred Charles Kinsey, um biólogo americano, que teve uma educação extremamente religiosa. Ao se casar virgem com 25 anos, descobriu que o sexo poderia ser doloroso, se não fosse feito corretamente. Ao buscar ajuda de profissionais da saúde, não conseguiu nenhum conselho e decidiu estudar o assunto por si próprio, inspirando a história que presenciamos no filme.

14. My Beautiful Broken Brain

My Beautiful Broken Brain

Uma viagem pessoal dentro do complexo, frágil e maravilhoso cérebro de Lotje Sodderland, 24 anos, após um acidente vascular cerebral hemorrágico que alterou sua vida. Lotje foi arremessada em um mundo considerado alienígena, onde as palavras não faziam mais sentido e sua percepção sensorial havia mudado além do conhecimento. Uma pioneira pesquisa científica sobre a possibilidade de recuperação do seu cérebro.

15. Mar Adentro

Filmes sobre médicos e medicina: Mar adentro

Dirigido por Alejandro Amenábar, extrapola na sensibilidade, ao mesmo tempo que dá um tapa no preconceito e um soco no estômago. Com uma comovente interpretação de Javier Barden, é provocante e desafiador acerca das mais arraigadas críticas à eutanásia.Baseia-se na história real de Ramon Sampedro, espanhol que durante 30 anos travou ferrenha batalha a favor da eutanásia e seu direito de morrer. O início da ária “Nessun Dorma”, anunciando o voo inconcebível do tetraplégico sobre o mar, é uma das cenas mais tocantes do Cinema.

16. Mãos Talentosas

Filmes sobre médicos e medicina: Mãos Talentosas

(“Gifted Hands: The Ben Carson Story”, 2009), levado ao cinema pelas mãos do diretor Thomas Carter e estrelado por Cuba Gooding Jr., Kimberly Elise e Aunjanue Ellis, narra a história de Ben Carson, que superou o preconceito devido à cor e à pobreza, para se tornar um talentoso e reconhecido neurocirurgião.

O filme relata sua vida de criança, quando se considerava burro por tirar notas muito baixas, tempo em que todos zombavam dele por causa disso. Mas, sua mãe sempre o incentivava e assim reuniu forças para resistir e superar todas as dificuldades, chegando a ser o melhor aluno da sala. Formado, tornou-se o primeiro médico a conseguir separar gêmeos siameses craniópagos com sucesso e, depois de contribuir para o avanço da Medicina de maneira brilhante, foi professor emérito de Cirurgia Neuropediátrica da Johns Hopkins University.

Ben Carson criou um centro de operações neurológicas e pelos seus trabalhos foi aplaudido e reconhecido nos Estados Unidos.

17. M.A.S.H.

Filmes sobre médicos e medicina: Filme  M.A.S.H.

Saindo diretamente dos dramas para uma visão diametralmente oposta: “M.A.S.H.” (“Mobile Army Surgical Hospital” ou em tradução livre “Hospital Cirúrgico Móvel do Exército”) é uma brilhante e descarada comédia dirigida por Robert Altman em 1970. Em clima de escracho total, conta o dia a dia de uma unidade médica militar em pleno campo de batalha na Guerra da Coreia, mas com claras alusões à Guerra do Vietnã. No elenco, nomes grandiosos, como Elliott Gould, Donald Sutherland (pai do ator Kiefer), Tom Skerritt e Sally Kellerman, a inesquecível e perseguida enfermeira “Lábios Quentes”. Ganhou a Palma de Ouro em Canneso Globo de Ouro na categoria Melhor Comédia (71) e o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado (71). Além de inspirar a aclamada e homônima série exibida de 1972 a 1983.

18. Na trilha do sol

Na Trilha do Sol

O jovem Brandon “Blue” Monroe (Jon Seda) não teve uma vida fácil: viveu pelas ruas e hoje, aos 16 anos, está preso por ter assassinado seu padrasto abusivo. Até que ele descobre que tem um tumor inoperável e apenas um mês de vida. Ele decide, então, sequestrar seu rico médico oncologista, o Michael Reynolds (Woody Harrelson). Os dois estão indo para uma área sagrada do povo Navajo, no Arizona, onde Blue pensa que pode encontrar uma cura. Ao longo da viagem, ambos sofrerão uma transformação espiritual.

19. O Escafandro e a Borboleta

Filmes sobre médicos e medicina: O Escafandro e a Borboleta

 Esse filme retrata a história real de Jean-Dominique Bauby, editor da revista “Elle”, que depois de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) fica totalmente paralisado, mexendo apenas o olho esquerdo. Para vencer a chamada “Síndrome do Encarceramento”, recebe ajuda e passa a se comunicar com as pessoas piscando as letras do alfabeto.

Chamam a atenção os movimentos de câmera que, com imensa sensibilidade, permitem que o telespectador assuma o ponto de vista do paciente. Outro destaque do filme é a abordagem fria da angústia e do comportamento dos médicos e de seus familiares em relação a ele. Dirigido por Julian Schnabel, traz no elenco Mathieu Amalric e Emmanuelle Seigner.

20. O Físico

Filmes sobre médicos e medicina: O Físico

(“The Physician”, 2013), película baseada no romance de Noah Gordon e que narra a história de Rob J. Cole, o jovem aprendiz que decide embarcar na maior aventura de sua vida e parte para a exótica Pérsia, onde pretende encontrar e estudar com o lendário médico, cientista e filósofo Ibn Sina.

Aí aparecem as amputações relâmpago, extrações dentárias, curandeirismo, apendicites, peste negra e catarata, retratando todo o exercício de busca de aprendizado que coloca o médico na busca e na investigação para alcançar respostas. No elenco: Tom Payne, Ben Kingsley e Stellan Skarsgåard, sob a direção de Philipp Stölzl.

21. O Homem Elefante

Filmes sobre médicos e medicina: O Homem Elefante

dramática e comovente história de John Merrick (com o ator John Hurt extremamente maquiado), acometido de neurofibromatose múltipla, com 90% do corpo deformado, foi levada às telas pelo diretor David Lynch, o mesmo de “Twin Peaks” e outras “estranhezas”, em 1980.

“O Homem Elefante” (“The Elephant Man”), obra-prima em preto e branco, narra a triste vida de um homem com aparência assustadora nos tempos vitorianos da Inglaterra no final do século XIX. Antes de ser salvo e resgatado em sua dignidade pelo médico Frederick Treves (Anthony Hopkins). É no hospital que se libera emocional e intelectualmente, revelando-se um ser humano que sabe falar e ler, é bom, gentil e com extrema sensibilidade. Um detalhe curioso e que não dá para imaginar: o filme foi produzido pelo comediante Mel Brooks e seu roteiro baseia-se na história real de Joseph Merrick, que viveu nos arredores de East End, em Londres.

22. O Jardineiro Fiel

O Jardineiro Fiel

Uma ativista (Rachel Weisz) é encontrada assassinada em uma área remota do Quênia. O principal suspeito do crime é seu sócio, um médico que se encontra atualmente foragido. Perturbado pelas infidelidades da esposa, Justin Quayle (Ralph Fiennes) decide partir para descobrir o que realmente aconteceu com sua esposa, iniciando uma viagem que o levará por três continentes.

23. O Óleo de Lorenzo

Filmes sobre médicos e medicina: Óleo de Lorenzo

(Lorenzo´s Oil, 1993) é uma daquelas tristes histórias de um paciente que sofre de alguma enfermidade condenatória. É o relato sobre o drama de um garoto diagnosticado com uma rara doença que lhe confere a sombria perspectiva de sobrevivência: dois anos. Seus pais (vividos por Susan Sarandon e Nick Note) não se conformam. E se transformam em pesquisadores, mergulhando nos mistérios do mal que afeta o filho, procurando por conta própria o bálsamo que possa curar a criança.

24. O médico alemão

O Médico Alemão

Enquanto atravessa a região desértica da Patagônia, em 1960, uma família argentina conhece um médico alemão que aceita ajudá-los. Chegando em Bariloche, ela torna-se hóspede da hospedaria familiar. Todos gostam dos bons modos e conhecimentos científicos deste homem, que se mostra muito preocupado com Lilith, garotinha com um pequeno problema de crescimento. Mas todos ignoram que este homem é Josef Mengele, cientista nazista que realizou experimentos com humanos no campo de concentração de Auschwitz.

25. O Sexto Sentido

O Sexto Sentido

O psicólogo infantil Malcolm Crowe (Bruce Willis) abraça com dedicação o caso de Cole Sear (Haley Joel Osment). O garoto, de 8 anos, tem dificuldades de entrosamento no colégio e vive paralisado de medo. Malcolm, por sua vez, busca se recuperar de um trauma sofrido anos antes, quando um de seus pacientes se suicidou na sua frente.

26. Paixão Obsessiva

Paixão Obsessiva

Dr. Martin Blake (Orlando Bloom), um médico que passou sua carreira buscando por respeito, encontra uma paciente (Riley Keough) com infecção renal que mexe com o seu ego. Quando a saúde da jovem começa a melhorar, Blake resolve alterar o tratamento para mantê-la doente ao seu lado.

27. Patch Adams – O Amor é Contagioso

Filmes sobre médicos e medicina:  Patch Adams – O Amor é Contagioso

(“Patch Adams”, 2001), filme dirigido por Tom Shadyac que conta a história real de Hunter “Patch” Adamsmédico norte-americano que ficou célebre por adotar uma metodologia inusitada no tratamento de seus pacientes. Rapidamente inspirou toda uma sociedade, culminando com a fundação do Instituto Gesundheint em 1972. Na telona, Robyn Williams encarnou o médico.

28. Psicose (original, 1960)

Marion Crane é uma secretária (Janet Leigh) que rouba 40 mil dólares da imobiliária onde trabalha para se casar e começar uma nova vida. Durante a fuga à carro, ela enfrenta uma forte tempestade, erra o caminho e chega em um velho hotel. O estabelecimento é administrado por um sujeito atencioso chamado Norman Bates (Anthony Perkins), que nutre um forte respeito e temor por sua mãe. Marion decide passar a noite no local, sem saber o perigo que a cerca. O filme é baseado em fatos reais.

29.  Psicose (1999)

Psicose

Em Phoenix, Arizona, Marion Crane (Anne Heche), secretária de uma imobiliária, rouba 400 mil dólares do seu patrão. Com este dinheiro, ela sonha recomeçar sua vida com o homem que ama e, quando ruma ao seu encontro, acaba se perdendo e decide pernoitar em um velho motel administrado por Norman Bates (Vince Vaughn). Só que Marion não sabe que Norman é totalmente insano, e ele termina por esfaqueá-la enquanto ela está no chuveiro, matando-a. Norman se livra do corpo sem saber do dinheiro roubado, mas um detetive particular, que está encarregado do caso, acaba conhecendo o namorado de Marion e sua irmã e os três, ignorando que ela já está morta, tentam encontrá-la. Mas Norman Bates está no caminho deles.

30. Quase Deuses

Filmes sobre médicos e medicina:  Quase Deuses

(“Something the Lord Made”), dirigido por Joseph Sargent em 2004, conta a história real de Vivien Thomas, interpretado por Mos Def, um negro, marceneiro recém-admitido como um prático de laboratório após a Grande Depressão de 1930 nos Estados Unidos, que devastou todas as economias destinadas às faculdades de Medicina.

Sua vida se transforma depois de conhecer o Dr. Alfred Bablock (Alan Rickman), cirurgião chefe da Universidade Johns Hopkins, que ao notar sua inteligência e criatividade, enquanto trabalhava como faxineiro, o chama para trabalhar em uma parceria fora dos padrões dos anos 30 e que culminaria em uma das maiores descobertas da Medicina.

Um dos feitos da improvável dupla foi o desenvolvimento do método para a correção da Tetralogia de Fallot, narrado em uma história pontuada pelo preconceito racial e pela superação, com um desfecho desafiador para a hierarquia médica da época.

31. Rain Man

Filmes sobre médicos e medicina: Rain Man

Outro clássico da cinematografia, Tom Cruise encarna Charlie, um jovem astuto e ganancioso que somente se aproxima de seu até então desconhecido irmão Raymond (Dustin Hoffman). O motivo? Raymond é um autista que tem uma inteligência matemática fantástica. E que ainda por cima é herdeiro de 3 milhões de dólares. Então, Charlie enxerga aí a oportunidade para se valer do irmão para tentar faturar alto.

Mas, para além da maldade humana, o filme enfoca as peculiaridades de uma enfermidade que muitas vezes é ininteligível tanto para familiares dos pacientes quanto para os médicos que não têm afinidade com a Psiquiatria. Dirigido por Barry Levinson, em 1988.

32. Resistance

Resultado de imagem para resistance documentário

Este documentário explora o declínio na eficácia dos antibióticos e o recente e alarmante aumento de micróbios resistentes às drogas, os chamados “superbugs”. Dirigido por Michael Graziano, o documentário aborda um tema de relevância pública: as bactérias super-resistentes. Um estudo aponta que, em média, um quinto das infecções pós-cirúrgicas são causadas por bactérias com essa característica. Em meio a esse cenário, o documentário mostra como surgiram os antibióticos e como o seu uso descontrolado levou ao aparecimento de organismos resistentes a qualquer medicamento presente no mercado. A produção é composta por relatos de cientistas, pacientes e familiares que evidenciam o quão grave é o problema.

33. Sicko – SOS Saúde 

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/pt/thumb/3/31/Movie_sicko.jpg/280px-Movie_sicko.jpg

É um documentário americano, dirigido, produzido e protagonizado por Michael Moore, lançado em 2007, sobre o sistema de saúde nos Estados Unidos. Michael Moore compara o sistema de saúde dos Estados Unidos, protagonizado pelas companhias privadas de seguro-saúde, com os sistemas de saúde universais de países como FrançaCanadáReino Unido e Cuba.

Com 9 milhões de dólares, aproximadamente, de orçamento, o documentário faturou pelo menos 25 milhões apenas nos Estados Unidos, excedendo às expectativas da The Weinstein Company.

34. Super Size me – A dieta do palhaço

É um documentário americano de 2004, escrito, produzido, dirigido e protagonizado por Morgan Spurlock, um cineasta independente norte-americano. No filme, Spurlock seguiu uma experiência de 30 dias, de 1º de fevereiro a 2 de março de 2003, durante o qual ele comeu apenas comida em restaurantes McDonald’s. O filme documenta o efeito drástico deste estilo de vida no bem-estar físico e psicológico de Spurlock e explora a influência corporativa da indústria de fast food, incluindo como ela encoraja a má nutrição para seu próprio lucro.

35. Tempo de Despertar

Filmes sobre médicos e medicina: Tempo de Despertar

(Awakenings, 1990), de Penny Marshall, é outro filme que leva a plateia às lágrimas e que também causa revolta contra o “establishment”, a exemplo de “Um Estranho no Ninho”. O falecido Robin Williams, de tantos filmes brilhantes, como “Sociedade dos Poetas Mortos”, encarna um médico que luta para trazer de volta à vida pacientes afetados pela doença do sono.

A revolta dos espectadores se dá porque ele encontra uma possível cura para a enfermidade de Leonard Lowe, personagem magistralmente (como sempre) interpretado por Robert De Niro (“Touro Indomável”, “Taxi Driver”), que acorda após passar anos em estado de coma. Seu tratamento, porém, é contestado e Lowe tem uma recaída que não deixa ninguém esconder lágrimas. O filme baseia-se na vida do médico Oliver Sacks, falecido recentemente.

36. The English Surgeon

https://www.reab.me/wp-content/uploads/2014/04/english_surgeon.jpg?x35448

 No início de 1990, o neurocirurgião britânico Henry Marsh viajou para Kiev, na Ucrânia e ficou horrorizado com os seus procedimentos neurocirúrgicos medievais. Desde então, Marsh tem tentado melhorar o sistema de execução de procedimentos de graça e enviar equipamentos usados ​​para Igor Kurilets, neurocirurgião ucraniano que se tornou um amigo. De tempos em tempos, Henry sai de Londres e vai discutir casos e operar em Kiev. O English Surgeon se volta para os dilemas da relação médico-paciente e as escolhas morais da medicina moderna.

Um documentário tocante para quem quer refletir sobre procedimentos, esperança e condições de saúde.

37. Um Estranho no Ninho

Filmes sobre médicos e medicina: Um Estranho no Ninho

 “Um Estranho no Ninho” (One Flew Over the Cuckoo´s Nest, de 1975), dirigido por Milos Forman (“Hair” e “Amadeus”), que ganhou o Oscar de Melhor Filme.

A película narra a história de Randle McMurphy, um presidiário soberbamente interpretado pelo “Iluminado” Jack Nicholson, que tinha como plano passar-se como louco para deixar de trabalhar na prisão. Entretanto, se vê em maus lençóis quando é obrigado a morar em um hospital psiquiátrico. Sua reação contra os desmandos da autoritária enfermeira Mildred Ratched é contagiante e o resultado da contenda “contamina” os espectadores.

No Oscar, venceu nas categorias de Melhor Roteiro Adaptado, Direção, Ator e Atriz.

38.  Um golpe do destino

Um Golpe do Destino

Esse filme conta a história de um cirurgião famoso, Jack Mckee (William Hurt), que desenvolve um tumor maligno. A inversão de papéis em que o médico vira o paciente é a grande sacada do filme. Além disso, é, também, no leito do hospital, que ele aprende a ter compaixão e empatia pelas pessoas em sua profissão.

39.  Um homem entre Gigantes

Filmes sobre médicos e medicina: Um homem entre gigantes

Um Homem entre Gigantes” (Concussion), filme americano de 2015 dirigido por Peter Lendesman, narra a história do Dr. Bennet Omalu (Will Smith), um neuropatologista forense que diagnostica um severo trauma cerebral em um jogador de futebol americano. A ETC (Encefalopatia Traumática Crônica) é um trauma cerebral causado por repetidas concussões.

Ele descobre se tratar de um mal comum entre os profissionais do esporte. Determinado a reverter o quadro e expor para o mundo a grave situação, trava, então, uma guerra contra a poderosa NFL (Liga Nacional de Futebol Americano).  A instituição, é claro, não quer se envolver em nenhum escândalo, mesmo que isso signifique continuar arriscando a vida de seus jogadores.

O filme mescla cenas reais e reportagens com cenas fictícias, trazendo o problema da ETC à tona de uma maneira muito mais verossímil. O diretor não se intimida com a NFL, realizando um filme contundente, ainda que se perca no ufanismo exagerado.

40. Uma lição de vida

Uma Lição de Vida

Nesse filme, é retratada a história da professora de Inglês, Vivian Bearing (Emma Thompson). Ela foi diagnosticada com câncer no ovário, em estágio avançado, e, nesse momento, começa a refletir sobre sua vida. A lição que fica é a visão mais profunda do que ocorre dentro de um hospital. A relação médico-paciente e todas as questões psicológicas e transformações que a personagem sofre ao decorrer da trama.

41.  Um método perigoso

 Um Método Perigoso

O enredo gira em torno da relação entre Sigmund Freud e Carl Jung, criadores da psicanálise. 

No filme, Carl Jung coloca em prática a psicanálise de Freud, de que o desejo sexual é o motivador do comportamento humano. Uma de suas pacientes, Sabina Spielrein, que se sente atraída pelas punições físicas do pai, é usada para testar essa teoria.

O Festival de Veneza exibiu o filme em 2011 e “Um método perigoso” conquistou indicação de Melhor Ator Coadjuvante no Globo de Ouro. 

Fontes:

Humanidades médicas –  https://www.sbp.com.br/internas/humanidades-medicas/
Adoro Cinemahttp://www.adorocinema.com/
Prodoctor –  https://prodoctor.net/
Wikipedia –  https://pt.wikipedia.org/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *