Com foco na saúde do paciente, Unimed PR é pioneira em inovação e tecnologia

Com foco na saúde do paciente, Unimed PR é pioneira em inovação e tecnologia

Umas das entregas deste ano é a implantação do registro eletrônico de saúde, com o objetivo de reunir informações clínicas dos beneficiários em único banco de dados

As autorizações de consultas e de exames e o intercâm-bio de informações entre as Unimeds, que até o início dos anos 90 eram realizados de forma manual, por fax ou tele-fone e de forma fragmentada, hoje podem estar disponíveis a partir de um clique. Todo esse avanço só foi possível gra-ças às inovações tecnológicas que fazem parte da história da Federação Unimed do Paraná. Os últimos 40 anos foram marcados pelo pioneirismo e por projetos e programas ino-vadores que têm como objetivo principal fornecer ferramen-tas e um ambiente propício para o acesso dos beneficiários à rede de cooperados e prestadores.
Para William Procópio dos Santos, diretor de Inovação e Desenvolvimento, os investimentos em inovação e tecno-logia são constantes na Federação. Ele destaca que, com a implantação do Registro Eletrônico de Saúde (RES), o Siste-ma Unimed Paraná estará em um patamar privilegiado para alavancar outras ações inovadoras na área da Saúde. “Para este projeto, é muito importante a participação de todos, co-laboradores, cooperados e prestadores”, destaca. 

HISTÓRICO

Se hoje há muita tecnologia e automação nos processos da cooperativa, é porque muitos foram os feitos nos últimos 40 anos. Nos primeiros anos de existência da Federação, não havia sistema de informação para automatizar os processos. Os controles eram todos manuais. Este era o cenário quando a atual gerente de TI, Cristina Leal de Castro foi contratada, em 1991, para fazer parte da equipe responsável pelo desenvolvimento e implantação do primeiro sistema de integração de dados das Federações Unimed. “Dessa forma, o que era fragmentado, foi sendo organizado em uma ação pioneira de tecnologia, e colocando todas as Singulares em um único sistema”, contou Cristina. Desde então, os progressos foram contínuos.
Já em 1995, outro avanço, a criação do primeiro processo automatizado que, utilizando links de dados, uniu todas as Unimeds no mesmo sistema de liberação de guias online. Por meio dele, as liberações de guias de consultas deixaram de ser feitas por fax e telefone e passaram a ser automatizadas. Assim, se tornando a primeira Federação Unimed a ter intercâmbio on-line.
Segundo conta Marcelo Dallagassa, do Núcleo de Informações da Unimed Paraná, em junho de 2003 teve início o projeto Data Warehouse. Trata-se de uma base de dados de integração de todas as Unimeds do Estado do Paraná, que atende às informações dos modelos de business intelliGence (BI) com qlikview e qliksense para as Singulares do Estado. Com uma visão colaborativa, foi constituído, dessa maneira, o grupo Núcleo de Informações Estadual para troca de experiências e treinamentos sobre utilização das ferra-mentas e conhecimentos sobre metodologias e construção de análises.
“O projeto foi um marco que possibilitou a geração de uma base de informações para a extração de novos conhecimentos e a possibilidade de implantação de ferramentas que possibilitam um diferencial competitivo em nosso negócio”, disse Dallagassa. Esse projeto, que ganhou o Prêmio de TI do Sistema Unimed – dentro da categoria de Unimed de Grande Porte, deu origem a outros projetos que advêm da mesma base de informações.
Já em 2012, foi lançado o Projeto de Inteligência Artificial para Detecção de Impropriedade em Contas Médicas e Identificação de Casos de Altíssimo Custos, e mais a frente, em 2017, foi aprovado o início do projeto de Modelo de Regulação Cognitiva – UPFLUX – que se apresenta com um potencial na utilização da inteligência artificial aplicada, tra-zendo melhorias significativas aos modelos de negócios e processos. “Muito temos a avançar, acredito que a aplicação de ferramentas e tecnologias deverão servir como base para essas mudanças, porém um investimento constante em inovação faz-se necessário”, analisa Dallagassa.

REGISTRO ELETRÔNICO DE SAÚDE

Todo o histórico dos pacientes poderá ser acessado pelo Sistema Unimed, desde que consentido pelo paciente, respeitando a Lei Geral de sigilo de dados. O objetivo é tornar a relação médico-paciente mais próximo, facilitar diagnósticos e possibilitar um cuidado integrado da saúde de cada beneficiário. É necessário fazer com que as pessoas estejam mais saudáveis e os médicos representem um papel funda-mental nesse processo. “Temos de ser um plano de saúde e não de doença. Em todos esses anos, as ferramentas foram desenvolvidas nesse sentido, o da prevenção”, diz Cristina.

PROGRAMA DE INOVAÇÃO

Com a proposta de formação de Agentes de Inovação e Agentes de Transformação para atuação junto às cooperativas paranaenses, o Programa de Inovação para o Cooperativismo Paranaense é uma iniciativa do Sistema Ocepar com desenvolvimento do ISAE Escola de Negócios e a Arbache Innovations. O programa teve início em setembro de 2018 e será finalizado em setembro de 2019, totalizando 192h de capacitação. Um total de 69 cooperativas paranaenses participam do Programa de Inovação – destas, 16 são cooperativas do sistema Unimed paranaense – um total de 136 colaboradores.
Na opinião de Geovana da Boit Mariot, do Núcleo de Desenvolvimento Humano e Sustentabilidade o Programa surge em um momento importante em que se comemoram os 40 anos de existência da Unimed PR mas também em um momento onde se discute e se avalia caminhos que garantirão a sua sustentabilidade. “E nesse sentido, um programa voltado a inovação, que desperte nas pessoas o anseio por novas oportunidades, sejam elas em serviços, produtos ou novos modelos de negócios, tem tudo a ver”, destacou Geovana.

OPEN INOVATION 

Com o objetivo de se integrar ao movimento de transformação que acontece no mundo, a Unimed Paraná trabalha em parceria com o DISTRITO SPARK, instituição que congrega milhares de Startups no país e possui vários centros de coworking na América do Sul. Em Curitiba, são trabalhados novos planos e projetos inovadores dentro desse ambiente. “Sentamos ao lado das Startups que trabalham em ritmo acelerado e compartilhamos busca de soluções dentro desse ecossistema inovador. Temos planos para que essa parceria traga uma nova Cultura e nova dinâmica de trabalho para o sistema”, contou Santos.

UNIVISION

Startup de tecnologia, em sociedade com a Unimed Curitiba, Visionnaire e Federação das Unimeds de São Paulo, traz a revolução das plataformas para dentro do Sistema Unimed do país. Uma plataforma digital integrada aos sistemas de gestão e aos aplicativos nas mãos dos clientes. “Essa iniciativa vai fazer a diferença no futuro de nossa cooperativa. Os aplicativos do cooperado e do Cliente estão operando. E estamos iniciando projetos-piloto do Programa Saúde Digital, como o aplicativo QUER, construído para ser um salto nos modelos de negócio do Sistema, e na qualidade assistencial”, detalhou Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *