Doar sangue é seguro mesmo em meio à pandemia

Nesse Conversa Ampla, a diretora do Hemepar, Liana Andrade Labres de Souza, fala sobre a importância de doar sangue durante a pandemia e os protocolos de segurança adotados

Com o objetivo de fomentar a discussão de temas pertinentes ao momento que vivemos, o Conversa Ampla traz, semanalmente, um bate-papo on-line com especialistas de diferentes áreas. Desde pautas que abordam o bem estar até análises sobre doenças e a própria pandemia de Covid-19, as entrevistas com profissionais qualificados visam apresentar novos pontos sobre assuntos relacionados – direta ou indiretamente – à saúde.

Individualidade no relacionamento: o amor contemporâneo

Confira a quadragésima segunda entrevista produzida:

Doar sangue em meio à pandemia

Entre os muitos problemas provocados pela pandemia do coronavírus, está a queda no número de doadores de sangue. No Paraná, em média, houve uma redução em torno de 30%. No Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado em 14 de junho, a Conversa Ampla é com a diretora do Hemepar, Liana Andrade Labres de Souza. Ela fala sobre a possibilidade dos homossexuais fazerem a doação, os cuidados tomados nos hemocentros para deixar todos seguros para este gesto solidário e a importância do sangue daqueles que se contaminaram e se curaram do Covid 19. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *