Na luta contra o novo Coronavírus

Na luta contra o novo Coronavírus

Unimed Campo Mourão cria procedimentos para acompanhar de perto beneficiários com suspeita ou com diagnóstico confirmado de Covid-19

Diante da pandemia, a Unimed Campo Mourão reagiu de forma rápida e estratégica para atender seus beneficiários com segurança e para proteger seus cooperados. No mês de março, a cooperativa criou o Serviço de Monitoramento da Covid-19. Em parceria com os cooperados infectologistas, foram formatados protocolos de atendimento que incluem fluxograma para avaliação de suspeitos ou confirmados da doença, e fluxograma para suporte ventilatório, que são seguidos por toda a rede credenciada e cooperada da Singular.
“Os protocolos foram criados pela necessidade de padronizar as condutas dos serviços de saúde, em vista do novo cenário e das várias informações disponíveis na mídia, procurando as melhores evidências científicas com segurança”, explica Karina Tanaka, gerente de Atenção e Regulação em Saúde da Unimed Campo Mourão.
O monitoramento é feito diretamente aos beneficiários, que são indicados pela rede credenciada em casos suspeitos. Com o auxílio dos laboratórios conveniados e com o consentimento formal do cliente, a Singular tem, ainda, um acompanhamento diário dos exames realizados.
Em casos positivos, o acompanhamento é feito por uma equipe de enfermagem durante 14 dias ou até a cessação dos sintomas. Em algumas situações, a Singular ainda oferece acompanhamento a distância por psicólogo clínico nos casos indicados pela equipe.
Segundo Karina, o apoio emocional é uma forma de ajudar o paciente a enfrentar o momento, reduzindo a ansiedade relacionada com o resultado dos exames para detecção do vírus. “A assistência contribui para reduzir a exacerbação dos sintomas físicos, que, muitas vezes associados à ansiedade por causa do prognóstico, sofrem maior intensidade; contribui também na redução dos medos relacionados com a doença pandêmica; avalia os contextos familiar e social que o beneficiário está inserido, promovendo a melhor orientação, conforme cada caso; e realiza os encaminhamentos necessários”, acrescenta.
Segundo ela e o diretor de Atenção e Regulação em Saúde da Singular, o médico Rodolfo César Visoni Poliseli, até o dia 30 de outubro de 2020, 2.096 vidas foram monitoradas, das quais 410 tiveram diagnóstico confirmado, 372 recuperados, 31 estavam em monitoramento e 7 vieram a óbito. Outros 1.636 exames foram descartados e 50 estavam sendo avaliados como suspeitos. De acordo com a gerente de Atenção e Regulação em Saúde da cooperativa, a taxa de letalidade da população atendida foi de 1,7%, excelente resultado quando comparado com o município de Campo Mourão ou o com o estado.
“O serviço de monitoramento tem gerado resultados significativos na região, entre eles a coordenação do cuidado com a centralização das informações de saúde (exames, internações, evoluções, consultas), resolução dos casos prevenindo a transmissão e as sequelas causadas, apoio aos credenciados e cooperados na adesão aos protocolos, apoio ao município e à região no monitoramento e ações de prevenção da transmissão da Covid-19”, enfatiza.

PERFIL

• Cooperados: 148
• Beneficiários: 28.312
• Colaboradores: 242
• Área de atuação: Campo Mourão, Luiziana, Mamborê, Boa Esperança, Farol, Araruna, Peabiru, Engenheiro Beltrão, Quinta do Sol, Fênix, Barbosa Ferraz, Corumbataí do Sul, Iretama e Roncador.

Karina Tanaka Gerente de Atenção e Regulação em Saúde da Unimed Campo Mourão
Rodolfo César Visoni Poliseli Diretor de Atenção e Regulação em Saúde da Unimed Campo Mourão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *