Dicas de saúde: como prevenir a queda dos idosos

O ortopedista André Felipe Aguiar Rabelo, da Unimed Oeste do Paraná, destaca o impacto que os acidentes podem causar e traz dicas para prevenir a queda dos idosos

Ortopedista André Felipe Aguiar Rabelo, cooperado da Unimed Oeste do Paraná

Nome completo: André Felipe Aguiar Rabelo

Especialidade: Ortopedia e Traumatologia

Singular: Unimed Oeste do Paraná

Tempo de profissão: 2014

Como prevenir a queda dos idosos

Aproximadamente 30% da população com mais de 65 anos de idade cai pelo menos uma vez por ano. E, depois dos 80 anos, essa porcentagem pode chegar a 50%. Porém, quais problemas uma queda pode gerar para uma pessoa idosa?

Dicas de saúde: Cinco benefícios da ingestão de fibras

O médico ortopedista André Felipe Rabelo, da Unimed Oeste do Paraná, explica que as consequências vão desde problemas de saúde até impactos sociais. Entre as lesões resultantes de uma queda, a fratura do fêmur, o osso da coxa que articula com a bacia, é uma das mais comuns e mais graves. “Essa lesão pode impactar na qualidade de vida dos pacientes, de forma que alguns deles, por não conseguirem recuperar totalmente sua capacidade funcional, acabam deixando de realizar diversas atividades do cotidiano e se tornam mais dependentes”, conta Rabelo, que é especialista em cirurgia do quadril, no Hospital Madre de Dio.

Os principais fatores que contribuem para tais acidentes, de acordo com o médico, são as deficiências nutricionais, dificuldade de locomoção, perda de força muscular e óssea, deficiências visuais e alterações do equilíbrio. “A implementação de um programa de exercícios físicos que melhore a força muscular e o equilíbrio, orientado de forma individualizada por um profissional capacitado, é capaz de reduzir o risco de quedas”, pontua Rabelo.

Além disso, o ortopedista destaca que também é possível adotar algumas medidas no ambiente domiciliar que diminuem não só o risco do idoso se acidentar, como também as consequências do acidente, como o sofrimento, a incapacidade, a morte o impacto social. São elas:

  1. Evitar tapetes soltos; 
  2. Escadas, corredores e banheiros devem ter corrimão para apoio;
  3. Evitar andar em áreas com o piso úmido;  
  4. Colocar acendedor de luz próximo a cama para evitar se levantar no escuro durante a noite;
  5. Evitar objetos soltos no chão pela casa. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//Código do Google Analytics