Dicas de saúde: criança precisa mesmo dormir cedo?

A médica pediatra Andressa Romão, cooperada da Unimed Oeste do PR, afirma: criança precisa ir dormir cedo, sim!

Pediatra Andressa Romão, cooperada da Unimed Oeste do PR

Nome completo: Andressa Romão
Especialidade: Pediatria
Singular: Unimed Oeste do PR
Tempo de profissão: 10 anos de formação – 7 como pediatra

Leia também: Como prevenir e tratar a obesidade

Criança precisa mesmo ir dormir cedo?

A pediatra Andressa Romão, cooperada da Unimed Oeste do PR, afirma que sim, é necessário! “Hoje temos evidências mostrando que sono saudável não é só o número de horas adequado para a idade: é preciso ir dormir cedo”, esclarece.

De acordo com a profissional, as crianças devem dormir antes das 22h, sendo o ideal mais cedo ainda, antes das 21. “A recomendação acontece pois às 22h começa a liberação do hormônio do crescimento, com pico por volta das 00h30 – 1h. Para que sua absorção seja ótima, é necessário estar em sono profundo neste horário”, explica.

Está comprovado que crianças que dormem sempre tarde crescem menos do que seu canal genético alcançaria, conforme ponta Andressa. Seres humanos (principalmente crianças) são naturalmente diurnos: é fisiológico dormir cedo e acordar cedo. “Dormir tarde aumenta o risco de privação crônica do sono e suas consequências: irritabilidade, sonolência diurna, baixo rendimento escolar e risco de obesidade na adolescência”. Na adolescência, de acordo com a pediatra, ocorre ainda um atraso fisiológico de fase, iniciando o sono mais tarde. “Se já dormia tarde antes disso, aumenta muito a chance de distúrbios do sono”, completa.

Então, o que fazer?

Andressa dá duas dicas para regular o sono das crianças e contribuir para o desenvolvimento saudável. Confira:

Higiene do sono: desligar eletrônicos e não fazer tividades físicas 2h antes do horário de dormir. Estabelecer uma rotina tranquila e previsível;

Acordar a criança e colocar para dormir mais cedo de forma gradual: 15 minutos a cada 3 dias. Mudanças bruscas não são indicadas por pioram o sono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *