Síndrome de Down: avanços na inclusão são suficientes?

Mesmo com avanços na inclusão, portadores da Síndrome de Down ainda têm muitas necessidades a serem atendidas

Com o objetivo de fomentar a discussão de temas pertinentes ao momento que vivemos, o Conversa Ampla traz, semanalmente, um bate-papo on-line com especialistas de diferentes áreas. Desde pautas que abordam o bem estar até análises sobre doenças e a própria pandemia de Covid-19, as entrevistas com profissionais qualificados visam apresentar novos pontos sobre assuntos relacionados – direta ou indiretamente – à saúde.

Leia também: Gerenciar o tempo corretamente pode reduzir a ansiedade

Confira a trigésima primeira entrevista produzida:

Síndrome de Down e as necessidades que ainda precisam ser atendidas

Durante a concepção, a formação do cromossomo 21 pode sofrer alteração. Isso gera crianças com Síndrome de Down. Não é uma doença, mas ocorre entre 3 e 5 mil nascimentos todos os anos. Essa Conversa Ampla é com a terapeuta ocupacional Sandra Mesquita. Pós-graduada em neuropedagogia e psicomotricidade, ela fala dos avanços na inclusão e das necessidades que ainda precisam ser atendidas. Frisa que a pandemia torna os portadores mais vulneráveis e lembra que hoje, a expectativa de vida deles aumentou significativamente. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *