Beber água é fundamental para o funcionamento de todo o nosso corpo! Confira 10 sinais que o organismo dá se você estiver desidratado

Não importa, sempre que falamos sobre vida saudável, um dos primeiros pontos de destaque é a importância de beber água. Buscar uma alimentação equilibrada, praticar exercícios físicos, dormir bem… todos esses hábitos dependem, diretamente, da ingestão adequada de água – o que, porém, nem sempre acontece. No entanto, você sabia que a falta dessa atitude básica no dia a dia pode causar diversos problemas de saúde, como aquela dor de cabeça constante que não passa de jeito nenhum?

Dicas de saúde: não espere ter sede para beber água

É isso mesmo. A desidratação pode acontecer em três graus diferentes: leve, moderada e severa, e em cada etapa o corpo dá sinais de que precisa receber mais água. A orientação é que um adulto beba entre 30 a 40ml de água por quilo de peso, para que o funcionamento do organismo aconteça da melhor forma. Ou seja, se você pesa 70kg, deve beber entre 2,1L e 2,8L todos os dias – inclusive no inverno.

Benefícios de beber água

Além de ser um ‘ingrediente’ básico para estar vivo, a ingestão correta da água traz diferentes benefícios para o organismo. São alguns:

  • Regula a temperatura do corpo
  • Ajuda a absorver melhor os nutrientes
  • Auxilia no metabolismo celular
  • Protege e hidrata nossas articulações e células
  • Auxilia na desintoxicação do organismo
  • Deixa a pele mais bonita e hidratada
  • Previne o aparecimento de pedras nos rins
  • Melhora a circulação sanguínea
  • Facilita a digestão de refeições

10 sinais do corpo de que você está desidratado

Por outro lado, não ingerir a quantidade correta do líquido pode acarretar em diferentes problemas. Vale lembrar que chás, sucos, leite e outros líquidos não substituem a necessidade diária de ingestão de água, ok?

Sensação de sede constante

Em graus leves, um sinal clássico de que o corpo está desidratado é a sede constante, mesmo em dias com a temperatura mais baixa. Beber sucos ou refrigerantes, por exemplo, não vão saciar a sede.

Fome o tempo inteiro

Sabe aquela vontade de beliscar alguma coisa que não passa? Pode ser falta e beber água. Muitas pessoas que não fazem a ingestão correta do líquido acabam confundindo o sinal do corpo e, ao invés e beber um copo d’água, prefere comer alguma coisa. Faça o teste! Quando sentir fome, primeiro se hidrate e, depois de um tempo, se a fome permanecer, aí sim busque um alimento – de preferência algo saudável!

Diminuição na quantidade de urina

Bom, se você não bebe água, não produz urina, certo? Se você nota que está indo pouco ao banheiro, pode ser um sinal leve de que seu corpo está desidratado. Por mais que, em alguns momentos, não seja tão fácil encontrar um banheiro livre, é importante manter a hidratação correta e garantir o bom funcionamento do seu organismo.

No caso de bebês, os pais devem ficar atentos se a fralda não for molhada por três horas ou mais.

Urina amarelo escura

E, se você faz pouco xixi, a tendência é que a urina fique mais concentrada e, consequentemente, mais escura. Se, ao ir ao banheiro, você notar uma coloração amarelo escura – ou até mesmo laranjada -, fique atento! É hora de aumentar a ingestão de água para que seu corpo não sofra outras consequências. Urina saudável é a urina clara, quase transparente.

Dor de cabeça

Em quadros de desidratação moderada, um sintoma é a dor de cabeça – ou a piora do quadro. Em algumas ocasiões, também pode surgir tontura ou a sensação de perda do equilíbrio.

Boca seca ou “pegajosa”

A falta de água no organismo também se manifesta por meio daquela sensação de que a boca está “pegajosa”, mais seca que o habitual. Assim como a dor de cabeça, esse é um sinal de uma desidratação já mais avançada.

Pele seca

Notou que a pele está mais seca que o habitual, e que nem mesmo hidratantes estão ajudando? O que falta é hidratar seu corpo por dentro! Quando a falta de água passa a ser mais séria, a pele também passa a ficar mais ressecada, e o uso tópico de hidrantes não surtem tanto efeito.

Prisão de ventre

A constipação intestinal pode ter muitos causadores, mas um clássico é a desidratação moderada. A falta de água pode retardar o trânsito intestinal, causando a dificuldade na evacuação.

Febre baixa e falta de lágrimas ou suor

Em casos de desidratação severa, é possível notar a falta de lágrimas ao chorar, ou a redução e até mesmo inexistência de suor. Além disso, em algumas situações, pode ocorrer uma febre baixa e constante, principalmente em pessoas mais sensíveis, como crianças e idosos.