Saber qual tipo de pele é a sua é o primeiro passo para um tratamento e autocuidado corretos

Quando falamos sobre cuidado com a pele, imediatamente pensamos em diferentes produtos e dermocosméticos voltados para o dia a dia. São várias as opções de protetores, hidratantes, componentes que evitam acnes, que tratam manchas, linhas de expressão, etc. Porém, de nada adianta adquirir produtos excelentes se você não souber o mais importante: que tipo de pele é a sua?

Leia também: Você sabe como cuidar da sua pele corretamente?

Cada um tem um “tipo” de pele diferente, que varia de acordo com a textura, a hidratação natural, a tendência para ter ou não acnes, entre outras características. E é de acordo com esses pontos que os produtos de tratamento e cosméticos são feitos, levando em sua composição as vitaminas, ácidos e ingredientes necessários para o melhor resultado possível.

Confira quais são os quatro tipos de pele e descubra em qual a sua se encaixa!

Pele normal

Conforme a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a pele normal é aquela que tem textura saudável e aveludada, produzindo gordura em quantidade adequada, sem excesso de brilho ou ressecamento. Geralmente, a pele normal apresente poros pequenos e pouco visíveis.

Pele seca

Já a pele seca é caracterizada pela perda de água em excesso, com poros pouco visíveis, pouca luminosidade e maior propensão à descamação e vermelhidão. Esse tipo de pele também apresenta maior tendência ao aparecimento de pequenas linhas e fissuras. De acordo com SBD, a pele seca pode ser causada por fatores genéticos ou hormonais, como a menopausa e problemas na tireoide, ou por questões ambienteis, como tempo frio e seco, vento e a radiação ultravioleta. Banhos demorados e com água quente podem provocar ou contribuir para esse ressecamento.

Pele oleosa

Com aspecto mais brilhante e espesso, a pele oleosa tem como característica uma produção de sebo maior que o normal. Além de questões genéticas, também contribuem para essa oleosidade os fatores hormonais, excesso de sol, estresse, e dieta rica em alimentos gordurosos. A pele oleosa aparenta poros dilatados e maior tendência à formação de acne e cravos.

Pele mista

Este é o tipo de pele mais comum. Apresenta aspecto oleoso e poros dilatados na chamada “zona T”, ou seja, testa, nariz e queixo, podendo apresentar acne nesta região, e aspecto seco nas bochechas e extremidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *