Ampliação da sede da Federação atende presente e futuro

Ampliação da sede da Federação atende presente e futuro

Obra supre necessidades atuais para alocar colaboradores e ofertar melhor estrutura às Singulares, mas também projeta futura expansão da entidade  

As bases de uma gestão sólida precisam de respaldo físico para se estruturarem e continuarem a evoluir, explica Bruna Gamas Dias, coordenadora da Gestão Administrativa. Simultaneamente, a profissionalização administrativa na década de 1990 e o desenvolvimento de novas ferramentas tecnológicas, a Federação Unimed Paraná foi ampliando o número de colaboradores e, com isso, surgiu a necessidade de uma sede que comportasse esse crescimento.
Sendo assim, a construção da sede da Federação no bairro Tarumã, em Curitiba (PR), somou vários fatores e corroborou com um crescimento orgânico do próprio serviço ofertado. “Com o aumento da carteira de usuários, a profissionalização dos gestores, a necessidade de evolução tecnológica, a organização de novos processos, a criação de novos departamentos, principal-mente os relacionados com o atendimento assistencial, foi necessário ter uma estrutura que comportasse todo esse avanço”, complementa Cidmar Andretta, gerente de Operações Administrativas. 

QUATRO DÉCADAS E NOVAS NECESSIDADES

Desde a instalação na sede atual até o momento, o quadro de colaboradores saltou de aproximadamente 170 pessoas para 511. Como destaca o diretor Administrativo e Financeiro, Luís Francisco Costa, o desafio principal foi chegar nos dias atuais na estrutura que inicialmente foi projetada para a demanda de 20 anos atrás. “Certamente, o maior desafio foi chegar aonde chegamos com a estrutura que tínhamos, porque o es-paço físico foi sendo reduzido conforme foram chegando mais colaboradores”, explica Costa.
Desde o ano passado, a sede da Federação passa por uma reforma de ampliação para atender a realidade atual, em que mais de 140 pessoas trabalham foca-das somente no atendimento relacionado à saúde e às Singulares. A previsão de entrega do novo espaço é em janeiro de 2020. Serão mais de 4600 m2 entre áreas de trabalho com 260 novas estações de trabalho, auditório com capacidade para 450 pessoas.
Além de oferecer conforto aos colaboradores bem como uma estrutura adequada para a execução das atividades a intenção é atender às Singulares. “Queremos poder continuar com a missão de oferecer cada vez mais serviços às Singulares e com qualidade. Se possível, diminuindo custos, uma vez que muitos serviços podem ser realizados aqui”, destaca o diretor. 

ESSÊNCIA SUSTENTÁVEL

Pensando no bem-estar dos colaboradores, dos clien-tes e do meio ambiente, a obra de expansão da Federação está contando com a certificação LEED que garante uma construção com impactos reduzidos. Segundo Costa, a obra vem sendo elogiada pela vizinhança por conta do barulho reduzido, além de não gerar sujeiras e entulhos nas proximidades. A certificação também compreende a instalação de sistemas de energia solar e cisternas para aproveitamento da chuva como forma de sustentabilida-de do prédio.
Outro ponto importante, é que como tivemos um crescimento expressivo até aqui, em certo tempo a de-manda novamente deverá exigir outra expansão, que de acordo com o diretor pode ser planejada com tranquili-dade. “Com a autorização do Conselho Federativo nós fi-zemos essa obra pensando no futuro. Se daqui a mais 10 anos ou, quando for necessário, a Federação precisar de uma nova ampliação, já ficou no projeto uma segunda fase fundamentada para um eventual aumento. E nem será preciso trazer máquinas pesadas para o pátio novamente”, pontua o diretor. Com o presente e futuro garantidos no aspecto estrutural, a Federação continua a manter sua estrutura eficiente para continuar nesse ciclo virtuoso de expansão com recursos próprios. 

MAIS ESPAÇO

Com redistribuição nas novas instalações, a intenção é que os colaboradores tenham mais conforto e melhores condições de trabalho, além do melhor atendimento às Singulares.
Confira alguns dos números da obra de expansão da Federação Unimed Paraná que será finalizada no início do ano que vem. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *