Cooperativa: o que é? Como funciona? Qual o cenário no Brasil?

Entenda como funciona o sistema cooperativista e veja os números mais recentes trazidos pelo Anuário do Cooperativismo Brasileiro 2020

Mesmo sem saber exatamente o que é uma cooperativa, muitas pessoas usufruem de seus produtos e serviços em atitudes simples do dia a dia, como comprar leite no mercado, pegar ônibus, fazer um empréstimo ou ir a uma consulta médica. 

As cooperativas estão espalhadas por todo o mundo e se caracterizam por serem organizações de pessoas, com interesses comuns, que se unem para desenvolver atividades econômicas ou prestar serviços a cooperados e clientes. Diferentemente das empresas, o objetivo não é lucro, mas sim a satisfação dos anseios e das necessidades econômicas, sociais e culturais dos cooperados.  

No sistema cooperativista, os empreendimentos são de propriedade coletiva, ou seja, todos os membros são donos, contribuem equitativamente para o capital da organização e participam ativamente da tomada de decisões. Qualquer pessoa interessada pode participar, desde que esteja alinhada ao objetivo econômico do negócio e disposta a assumir as responsabilidades como membro. 

Qual a importância do cooperativismo?  

O cooperativismo é um modelo de negócio que alinha desenvolvimento econômico e social e equilibra necessidades individuais e coletivas. Isso porque, além de gerar trabalho e renda para milhões de pessoas, promove o desenvolvimento sustentável de comunidades e propicia educação e formação para membros e trabalhadores. 

Como o próprio nome sugere, o cooperativismo tem como base a cooperação, a junção de esforços para a realização do bem comum. Seus valores são: solidariedade, responsabilidade, democracia e igualdade.

Leia também: 10 livros sobre cooperativismo que você não pode deixar de ler

O cooperativismo na economia brasileira

Publicação do Sistema OCB está disponível para download

De acordo com o Anuário do Cooperativismo Brasileiro 2020, lançado no dia 17 de dezembro pelo Sistema OCB, em 2019, o país tinha 5.314 cooperativas, que alcançaram a marca de R$ 494 bilhões em ativos e movimentaram mais de R$ 26 bilhões em tributos e despesas com pessoal.

A pesquisa mostra ainda que o país alcançou a marca de 15,5 milhões de cooperados e 427 mil empregados. O Paraná, com suas 217 cooperativas, lidera no número de empregados, com quase 25% do total (mais de 100 mil), e ocupa o 4º lugar no número de cooperados, atrás apenas de Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina.  

As cooperativas no Brasil atuam em sete ramos distintos: agropecuário; crédito; transporte; trabalho, produção de bens e serviços; saúde; consumo e infraestrutura.  

Na área de saúde, além de pioneiro, o Brasil é referência e liderança, com quase 800 cooperativas que atendem aproximadamente 25 milhões de pessoas.  

Para conferir o anuário completo, acesse este link e clique em “fazer download”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//Código do Google Analytics