Depoimento 2: desafios da pandemia

Não está fácil para ninguém. A Covid-19 imprimiu um novo ritmo à vida de todos. À dos profissionais de saúde, não é diferente. O susto foi grande para a maioria. Muitos ao escolherem essa área já intuíam os riscos, mas a realidade, na maioria das vezes, se sobrepõe às expectativas. Foi o que aconteceu em relação à essa pandemia. Todos, no entanto, mantêm a convicção de que, no mínimo, sairemos dessa mais fortalecidos.

Leia os outros depoimentos

E você o que acha? Fomos ouvir o grupo de profissionais que trabalha no Centro de Atenção Personalizada à Saúde (APS), da Unimed Paraná. Veja o que eles disseram.

“Desde a adolescência, a profissão de enfermagem me inspirava. Sou muito comprometida no que faço, amo estar com pessoas e poder cuidar delas. Durante minha formação, recebi muitas informações de onde poderia trabalhar, e sobre os riscos que teria, por isso sempre mantive a consciência, que se algo acontecer em relação a saúde no Brasil ou mundo eu teria que realizar minha função.

Quando surgiu a pandemia, em um primeiro momento, tive medo, pois sabemos que medicamentos e vacina ainda estão em estudos para a prevenção e cura da doença. No entanto, a confiança sempre prevalece, lembro da minha formação, e sinto que vou conseguir realizar minha função até o final da pandemia.

 O momento em que estamos vivendo está difícil, a morte de pessoas conhecidas e de profissionais da saúde está sendo muito marcante. Lógico que tudo isso gera um certo receio, pois trabalhar na linha de frente oferece muitos riscos, mas eu realizo todos os devidos cuidados e sei que é para ajudar o próximo, por isso me sinto confiante e satisfeita em atuar como enfermeira.

Acredito, também, que apesar do enorme sofrimento que está impactando todas as áreas, essa pandemia também veio para transformar o ser humano em vários aspectos como unir mais a família, estimular a solidariedade ao próximo, enfim, aproximá-lo mais de Deus”.

Ana Claudia da Silva, enfermeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *