Efetividade ao seu alcance

Efetividade ao seu alcance

Mu00e9todo de superfoco prevu00ea organizau00e7u00e3o sistu00eamica para alcance de metas e realizau00e7u00e3o do propu00f3sito pessoal ou empresarial

Nu00e3o u00e9 projeu00e7u00e3o da sua mente, mania de perseguiu00e7u00e3o ou conspirau00e7u00e3o, hu00e1 realmente uma foru00e7a entru00f3pica que progressivamente e de forma crescente vai alterando o sistema e promovendo a desordem rumo ao caos. u201cA entropia atua sobre nu00f3s 24 horas por dia, sete dias por semana e o ano todo, a exemplo da pru00f3pria gravidadeu201d, revela Mu00e1rio Antonio Porto, autor do livro u201cSuperfoco – Promovendo a efetividade das pessoas e das organizau00e7u00f5esu201d.
A boa notu00edcia u00e9 que, embora nu00e3o seja possu00edvel se desvencilhar dessa realidade, hu00e1 formas de minimizar os impactos. u201cPodemos mitigar seus efeitos, percebendo onde estu00e1 atuando mais fortemente e tomar uma su00e9rie de medidas proativas para minimizar esse efeitou201d, explica Porto. u201cSe vocu00ea estu00e1 presente e focado, os problemas de comunicau00e7u00e3o su00e3o minimizados e a decisu00e3o torna-se mais acessu00edvel. Com isso, finalmente vocu00ea ritualiza o processo atacando a entropia de forma sistemu00e1ticau201d, orienta.
E nu00e3o u00e9 preciso ir muito longe para encontrar esse ponto de equilu00edbrio, pois assim como as peu00e7as precisam estar interconectadas da maneira correta para que a motocicleta cumpra sua funu00e7u00e3o e se torne um veu00edculo de locomou00e7u00e3o, qualquer ser humano precisa alinhar suas metas internas para alcanu00e7ar seu propu00f3sito.

Na pru00e1tica
Porto explica que, no caso da aplicau00e7u00e3o metodolu00f3gica nas empresas, existem 11 passos para chegar ao superfoco, e o estu00edmulo para ir avanu00e7ando u00e9 progressivo, portanto nu00e3o u00e9 necessu00e1ria nenhuma mudanu00e7a brusca, como por exemplo, alterar a essu00eancia do negu00f3cio. u201cO mu00e9todo u00e9 acessu00edvel para todos, o primeiro passo u00e9 revisitar u00e0 identidade, entender porque ela existe e porque ela faz, pois u00e0s vezes, se confunde o porque ela faz com o que faz e como faz. O propu00f3sito u00e9 o porque a organizau00e7u00e3o existe e nu00e3o o que faz e como fazu201d, avalia.

Segundo o autor, para enxergar os grandes problemas u00e9 preciso usar a lente do pensamento sistu00eamico. u201cOrganizar o pensamento de forma sistu00eamica e efetivamente aplicu00e1-lo para que as au00e7u00f5es se concretizem. u00c9 importante que se entenda o que u00e9 um sistema. E o sistema tem como caracteru00edstica tru00eas peu00e7as fundamentais: primeiro os elementos do sistema, segundo a interconexu00e3o entre eles, e, finalmente, o propu00f3sitou201d.
Com esse alinhamento das expectativas e fatores que motivam cada um, ao aplicar o Foco, a Motivau00e7u00e3o, a Presenu00e7a e os Rituais, Porto acredita que as chances de sucesso su00e3o potencializadas. u201cEssas su00e3o as ferramentas do superfoco que, quando interconectadas, tendem a ter um propu00f3sito comum de tornar as organizau00e7u00f5es e/ou pessoas mais efetivas. E efetividade u00e9 muito mais que ser eficiente ou eficaz. Ser eficaz exige fazer a au00e7u00e3o, em vista do resultado pretendido. Ser eficiente, mais do que fazer a au00e7u00e3o de forma certa tem a preocupau00e7u00e3o a produtividade e com a boa alocau00e7u00e3o dos recursos. Ser efetivo u00e9 ter o resultado na mente e envolver todos da cadeia, u00e9 impactaru201d, pontua.

OS QUATRO PILARES

Com base nos processos de Foco, Motivau00e7u00e3o, Presenu00e7a e Rituais o superfoco torna-se acessu00edvel. O conceito do superfoco surge como opu00e7u00e3o para blindar e garantir que todos os recursos estejam alocados nos pontos mais importantes, ou seja que os objetivos para a au00e7u00e3o estejam definidos. Confira a metodologia de Mu00e1rio Antonio Porto, presentes em seu livro u201cSuperfoco – Promovendo a efetividade das pessoas e das organizau00e7u00f5esu201d, para aplicar em seu planejamento pessoal.

1. Foco – Atenu00e7u00e3o aos poucos pontos que efetivamente nos conduzem ao cumprimento da missu00e3o e ao alcance da visu00e3o. Sempre nas seguintes direu00e7u00f5es:
a. Nas soluu00e7u00f5es e nu00e3o nos problemas;
b. No futuro e nu00e3o no passado;
c. No fazer e nu00e3o no criticar.
2. Motivau00e7u00e3o – Motivo para a au00e7u00e3o. Su00e3o dois caminhos:
a. Fatores motivacionais;
b. Alinhamento de expectativas.
3. Presenu00e7a – Conexu00e3o com as habilidades de manter-se confiante e manter-se alinhado a sua identidade. E ela pode ser:
a. A presenu00e7a intencional;
b. A presenu00e7a individual;
c. A presenu00e7a inspiracional.
4. Rituais – Podem ser periodizados em anuais, semestrais, trimestrais, mensais, semanais ou diu00e1rios, como forma de monitorar o andamento das au00e7u00f5es focais definidas.

Mu00e1rio Antonio Porto propu00f5e quatro pilares (Foco, Motivau00e7u00e3o, Presenu00e7a e Rituais) para acessar o superfoco

Diferenu00e7as sutis

Os tru00eas termos podem ser tratados como sinu00f4nimos. Mas como nu00e3o existem sinu00f4nimos perfeitos, hu00e1 uma pequena diferenu00e7a entre eles, especialmente no campo da Administrau00e7u00e3o.
– EFICu00c1CIA realizar perfeitamente determinada tarefa ou funu00e7u00e3o, que produz o resultado pretendido. Ex.: Remu00e9dio eficaz
– EFICIu00caNCIA u00e9 a qualidade de fazer com excelu00eancia, sem perdas ou desperdu00edcios (de tempo, dinheiro ou energia). O eficiente vai alu00e9m do eficaz. A eficiu00eancia tem uma gradau00e7u00e3o: uma pessoa, mu00e1quina ou organizau00e7u00e3o pode ser mais ou menos eficiente que outra. Ex.: Essa secretu00e1ria u00e9 eficiente.
– EFETIVIDADE, por sua vez, u00e9 tambu00e9m a qualidade do que atinge seu objetivo; u00e9 a capacidade de funcionar normalmente, satisfatoriamente, poru00e9m tem mais a ver com a realidade, com o que u00e9 real e verdadeiro, algo incontestu00e1vel, verificu00e1vel, executu00e1vel. Ex.: Tal propaganda u00e9 simples, mas efetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *