Estudo aponta impacto positivo na reputação da Unimed

Unimed é citada entre as empresas com maior lembrança e maior impacto na reputação

O The RepTrak Company (antigo Reputation Institute) divulgou um relatório sobre o resultado da pandemia da COVID-19 na reputação de setores da economia brasileira, no qual expõe uma análise sobre como as ações, quando implementadas de forma correta, impactam positivamente na reputação das corporações, mesmo durante a crise.

Leia também: Unimed conquista Prêmio Folha Top of Mind pela 28ª vez

Quando observadas as iniciativas em resposta à pandemia, a Unimed é citada entre as empresas com maior lembrança e maior impacto na reputação. O crescimento reputacional tem sido gerado por um posicionamento ativo em resposta à crise, ou seja, empresas que implementaram ações e se comunicaram de forma eficaz têm tido um bom retorno.  O investimento em causas sociais e o comprometimento em manter emprego e renda dos colaboradores também têm contribuído.

De acordo com o estudo, os setores Bancário, Investimentos, Supermercados, Alimentos e Bebidas foram o que apresentaram o melhor retorno reputacional. Os canais que mais têm estimulado essa lembrança são propaganda (62,7%), redes sociais (60%), comunicação direta (47,7%) e notícias em geral (45,7%).

O levantamento expõe ainda que os médicos e profissionais de saúde estão com um alto índice de reputação (78,1 pontos), maior que a média das empresas no mês de abril (66 pontos). Já as autoridades do governo e a população estão em último lugar no ranking, com 39,9 e 39,4 pontos, respectivamente.

No âmbito corporativo, entre as ações das empresas que geram maior lembrança e contribuem para uma alta reputação, são citadas: medidas extras de saúde, limpeza e prevenção no ambiente de trabalho; remuneração de funcionários na quarentena; cancelamento de viagens, eventos e reuniões de negócios; e o estabelecimento de rotina flexível de trabalho para os empregados.

O estudo aponta que a perspectiva de uma nova recessão econômica pós-COVID-19 salienta a necessidade de se construir e proteger o capital reputacional. A forma como as empresas estão se posicionando durante a crise pode ser um fator decisivo para proteger e recuperar a reputação frente a uma nova recessão.

A pesquisa on-line contou com 1.415 pessoas, para avaliar mais de 100 empresas distribuídas em 15 setores econômicos.

Confira o relatório na íntegra.

Destaque em outras pesquisas

Além da Reptrak Company, o Innovation Center e a HSR Specialists Researchers, em suas respectivas pesquisas, também atestaram boas repercussões para atuação da Unimed durante a pandemia. No primeiro, o sistema de cooperativas de saúde foi citado entre as dez marcas que fizeram o melhor trabalho desde o surgimento da COVID-19 no País. Também foi incluída no ranking das empresas em que os respondentes gostariam de trabalhar, tendo em vista as iniciativas aplicadas. No segundo, figurou entre as 20 marcas com maior percepção positiva no Brasil no atual cenário, em um indicador que avaliou a lembrança espontânea da marca em ações voltadas ao combate à crise sanitária e sua associação com a imagem de “marca transformadora”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//Código do Google Analytics