Unimed Campo Mourão realiza monitoramento de pacientes com casos suspeitos e confirmados para evitar agravamento e superlotação

Telemonitoramento, telemedicina e mensagens por aplicativo. Esses aliados tecnológicos da Unimed Campo Mourão têm desempenhado um importante papel durante a pandemia. Os recursos vêm sendo utilizados no Programa de Monitoramento Covid-19, criado em março de 2020 para acompanhar casos suspeitos e de infectados pelo novo coronavírus.

“Com o Programa, é possível identificar sinais de agravamento e direcionar os pacientes aos serviços corretos, assim contribuindo para minimizar a evolução deles, agregando qualidade assistencial e visando direcionar o beneficiário a acessar o recurso certo no momento certo”, explica Rodolfo Poliseli, presidente da Unimed Campo Mourão.

Dr Rodolfo
Rodolfo Poliseli, presidente da Unimed Campo Mourão, fala sobre monitoramento de pacientes com casos suspeitos e confirmados de Covid-19, na Unimed Campo Mourão
Reprodução/Unimed Campo Mourão

Outra ajuda importante vem do oxímetro, aparelho que serve para medir a saturação de oxigênio no sangue. A Singular foi pioneira na prevenção da hipoxemia silenciosa ao fornecer o equipamento para o acompanhamento e a monitorização dos pacientes portadores de doenças crônicas e com sintomas moderados, evitando, assim, o reconhecimento tardio dos agravamentos.

O presidente da cooperativa ressalta que os testes realizados no período correto e as orientações precoces sobre o isolamento, assim como medidas restritivas, ajudam a evitar a contaminação de outros pacientes, interrompendo a cadeia de transmissibilidade do ponto de vista epidemiológico.

O acompanhamento dos casos é realizado 24 horas por dia, 7 dias por semana, até o cumprimento do período de isolamento recomendado pelo Ministério da Saúde. Para isso, uma enfermeira fica dedicada ao Programa e médicos infectologistas dão suporte quando necessário.

Leia também: Expansão da Unimed Campo Mourão visa ao cuidado com a comunidade

“Os sinais de piora podem ser identificados durante o monitoramento, esse rápido direcionamento pode evitar complicações ao quadro clínico do paciente. Isso evita a superlotação das portas dos prontos atendimentos”, afirma Poliseli.

Já os pacientes com alta hospitalar recebem acompanhamento por telefone ou presencial, dependendo da gravidade do caso. Para alguns pacientes, mais graves ou complexos, também foi disponibilizada visita domiciliar de profissionais de equipe multidisciplinar e teleconsultas para avaliação e acompanhamento.

Monitoramento 1
Equipe realiza monitoramento de beneficiários na Unimed Campo Mourão
Reprodução/Unimed Campo Mourão

A Unimed Campo Mourão continua realizando orientações aos beneficiários nos canais de comunicação, adequando-se aos novos protocolos, realizando os exames de diagnóstico necessários de acordo com cada caso no período adequado e realizando treinamentos com as equipes assistenciais, para garantir segurança e assistência de qualidade.

Desde que começou a funcionar, o Programa já prestou assistência para mais de 9 mil pacientes e realizou mais de 14 mil testes de Covid.