Cooperativa retomou tradicional evento esportivo, desta vez em meio ao Parque Vila Velha, para promover saúde por meio da atividade física

No último domingo (13), a Unimed Ponta Grossa promoveu a corrida Sinta Vila Velha, no Parque Vila Velha. Com percursos de 5Km, 12Km e meia maratona (21Km), cerca de 900 atletas percorreram a estrutura do parque para promover a saúde praticando esporte ao ar livre.

Leia também: 21 dicas para uma vida mais saudável

Conforme Eduardo Bacila de Sousa, diretor-presidente da Unimed Ponta Grossa, o evento deu a oportunidade de valorizar as belezas naturais locais e proporcionar uma experiência diferenciada para a população de Ponta Grossa, da região dos Campos Gerais e também de outras cidades do Paraná.

“Era possível ver estampado na reação no rosto de cada participante a alegria de estar junto à natureza celebrando a saúde, promovendo bem-estar, com segurança, respeitando as regras sanitárias. Não tenho dúvidas de que a Unimed Ponta Grossa e o Parque vila Velha se tornaram ainda maiores e mais representativos na vida das pessoas a partir desse evento”.

Com uma tradição em provas noturnas, a cooperativa médica retomou os eventos esportivos com uma proposta diferente: incentivar a prática de atividade física aliada às novas estratégias ambientais, reforçando a parceria entre a cooperativa e o parque.

“Essa corrida tem sabor muito especial para nós, primeiro por ser no Parque Vila Velha, um local onde a natureza nos surpreende com toda a beleza. Segundo, por que é primeira meia maratona promovida pela Unimed Ponta Grossa. Depois de 3 anos sem realizar corridas, presenciamos belos momentos de superação e alegria dos atletas”, observa Sandri Anderson, gerente de Marketing e Comunicação.

A largada aconteceu às 7h, mas antes mesmo do nascer do sol, atletas já chegavam ao parque, que contou com uma arena especialmente montada para o evento. Palco, espaço para recuperação, painel para fotos, tendas de patrocinadores e todo o Centro de Visitantes disponível para dispersão e acomodação dos corredores fizeram parte da estrutura.

Mesmo com percursos desafiadores, com subidas e mudanças de solo (asfalto/paralelepípedo), os corredores puderam experimentar as belezas naturais do parque. O tempo também ajudou. O domingo ensolarado permitiu aos atletas aproveitar ainda mais os atrativos durante o trajeto, como os Arenitos, Furnas e Lagoa Dourada.

Roberto Rodrigues Oliveira, 44, corredor há mais de 20 anos, subiu ao lugar mais alto do pódio entre os homens que fizeram a meia maratona. De acordo com ele, participar da prova foi uma forma de vislumbrar novos desafios como atleta.

“Fiquei um tempo parado e voltei à ativa há três anos. Estou me preparando para uma maratona e a prova já serviu como preparação. Foi uma prova desafiadora, percurso pesado, mas o ambiente é atrativo, é uma prova de diferente. Sensação de mais uma missão realizada, mais um objetivo alcançado e a alegria de passar a linha de chegada”.

Retomada e novos hábitos

Após passar por uma cirurgia, o designer Saimon Correia, 36, teve que mudar hábitos e, entre eles, incluiu a corrida no novo estilo de vida. E escolheu os 5Km da Sinta Vila Velha para fazer sua estreia em provas.

“Poder aplicar tudo que me dediquei nos treinos em um evento muito bem organizado e acolhedor para os atletas, foi uma grande experiência marcante em minha vida. A paisagem era linda, poder correr contemplando a natureza com um nascer do sol lindo foi algo inexplicável. Tenho muito orgulho deste cara aqui. Uma corrida com um sentimento imenso de gratidão por toda a minha mudança de vida com novos hábitos, poder participar foi uma grande vitória”.

Para a analista de sistemas Aline Guimarães, 32, encerrar o hiato de provas em Vila Velha foi nostálgico e inspirador. “Foi incrível. Depois de tanto tempo sem participar de uma prova, a energia e o sentimento que trouxe foram ótimos. correr em meio à natureza, além de proporcionar uma vista linda da paisagem, nos permite ouvir os sons da corrida e sentir realmente todas as sensações que ela nos traz”.

Uma das novidades da corrida da Unimed nesta edição foi a inclusão da corrida kids, possibilitando o incentivo à atividade física aos atletas mirins e também com o objetivo de proporcionar um momento de lazer em família. “Acreditamos que a prática esportiva, em especial a corrida, tem um poder transformador na saúde física e mental dos praticantes. A corrida Sinta Vila Velha trouxe muitos sorrisos, superação e saúde para todos e estamos orgulhosos em ter promovido esse evento”, enfatiza Sandri Anderson.

Preocupação com o meio ambiente

Em um evento desta proporção, os cuidados vão além dos atletas e da estrutura física. A responsabilidade ambiental também foi um dos fatores priorizados pela organização. Em parceria com a Kapersul Waste Management (KWM), todos os resíduos gerados pela prova foram 100% destinados à reciclagem e coprocessamento, sem encaminhamento para aterros sanitários. E todos os materiais de comunicação visual da arena, como as lonas de pórtico, por exemplo, também foram destinados à reciclagem.

Além da parceria com a KWM, o evento também contou com o patrocínio das cooperativas Sicredi Campos Gerais e Capal, Seguros Unimed, Medilar, Colégio Marista, Hospital Geral Unimed, Laboratório Unimed, Rádio Jovem Pan e Hotel Planalto Select. A organização ficou por conta da Global Vita Sports.


Números do evento

Atletas inscritos: 931
Faixa etária predominante: 31 a 48 anos
Público predominante: feminino (52,2%)
Equipe de operacionalização e apoio: 95 pessoas

Fonte: Unimed Ponta Grossa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *