CAS: Acesso e agilidade fazem a diferença

CAS: Acesso e agilidade fazem a diferenu00e7a

Centro de Atenu00e7u00e3o u00e0 Sau00fade da Unimed Guarapuava conta com 90% de aprovau00e7u00e3o dos beneficiu00e1rios atendidos

Um modelo de cuidado mais humanizado, integral e u00e1gil. Essa u00e9 a proposta do Centro de Atenu00e7u00e3o u00e0 Sau00fade (CAS) da Unimed Guarapuava, que estu00e1 em funcionamento desde abril do ano passado e ju00e1 realizou quase 6 mil consultas eletivas e milhares de sessu00f5es de fisioterapia, nutriu00e7u00e3o e psicologia.
O diretor-presidente da Unimed Guarapuava, Eric Prado Diegues, explica que o espau00e7o tem mu00e9dicos especialistas nas u00e1reas de clu00ednica geral; pediatria; geriatria e dermatologia para atendimento programado, ou seja, com hora marcada. Inclusive, o horu00e1rio de atendimento dos pediatras e clu00ednicos gerais u00e9 diferenciado, sendo das 18 u00e0s 22 horas, para atender a demanda dos pacientes.
A agilidade no atendimento u00e9 um dos destaques do Centro. O diretor-presidente relata que o tempo de resposta u00e0 procura por atendimento u00e9 de no mu00e1ximo 48 horas de espera para clu00ednicos gerais e pediatras, de 72 horas para dermatologistas e de atu00e9 7 dias para geriatras. Alu00e9m disso, a espera pelas sessu00f5es de terapia u00e9 menor que o preconizado pela Agu00eancia Nacional de Sau00fade, que u00e9 de atu00e9 10 dias.
Para Eric Diegues, o CAS u00e9 um espau00e7o inovador e pioneiro na regiu00e3o de Guarapuava, especialmente, por promover acesso u00e1gil u00e0s terapias e consultas no contraturno e com profissionais de renome na cidade.
u201cCom a instalau00e7u00e3o do CAS, a demanda reprimida por mu00e9dicos dermatologistas e geriatras foi eliminada por causa da oferta dessas especialidades no Centro. Em algumas noites no inverno deste ano, por exemplo, o CAS disponibilizou aos beneficiu00e1rios dois pediatras no mesmo turno para suprir a procura pelo atendimentou201d, conta.
Cuidado
O Centro ainda oferece um programa de acompanhamento e monitoramento para beneficiu00e1rios em condiu00e7u00e3o cru00f4nica.Atualmente, 200 pessoas su00e3o atendidas por uma equipe especializada, com enfermeiros especialistas em Sau00fade da Famu00edlia e Gestu00e3o; Atenu00e7u00e3o Primu00e1ria u00e0 Sau00fade; Urgu00eancia e em Estomaterapia, alu00e9m de fisioterapeutas em diversas especialidades e no mu00e9todo Bobath; uma nutricionista especialista em Nutriu00e7u00e3o Aplicada u00e0 Estu00e9tica e uma psicu00f3loga Comportamental, especializanda em Sau00fade Mental e com atuau00e7u00e3o no mu00e9todo Aba.
u201cO gerenciamento compreende contatos telefu00f4nicos ou visitas domiciliares programadas, conforme o plano de cuidado individualizado. Quando os profissionais e beneficiu00e1rios compartilham informau00e7u00f5es sobre o cuidado com a sau00fade e o monitoram, percebe-se que as metas terapu00eauticas su00e3o alcanu00e7adas com mais facilidadeu201d, explica o mu00e9dico.
Segundo a pesquisa de satisfau00e7u00e3o realizada com beneficiu00e1rios atendidos pelo CAS, mais de 90% se mostram satisfeitos, os quais afirmam ter escolhido a Unimed Guarapuava por oferecer um recurso pru00f3prio, com melhores horu00e1rios e local de fu00e1cil acesso.
u201cE nu00f3s ainda temos planos quanto u00e0 ampliau00e7u00e3o das especialidades mu00e9dicas e das terapias, de modo a atender as principais necessidades de sau00fade dos beneficiu00e1rios contidas em nosso sistema de gestu00e3o de informau00e7u00f5esu201d, ressalta o diretor-presidente.

Eric Prado Diegues, diretor-presidente da Unimed Guarapuava
PERFILu00a0

u2022 Cooperados: 242
u2022 Beneficiu00e1rios: 29.751
u2022 Colaboradores: 99
(Nu00fameros referentes a 31/07/2018)
u2022 u00c1rea de atuau00e7u00e3o: Boa Ventura de Su00e3o Roque, Campina do Simu00e3o, Candu00f3i, Cantagalo, Espigu00e3o Alto Iguau00e7u, Foz do Jordu00e3o, Goioxim, Guarapuava, Inu00e1cio Martins, Irati, Laranjal, Laranjeiras do Sul, Mallet, Marquinho, Mato Rico, Nova Laranjeiras, Palmital, Pinhu00e3o, Pitanga, Porto Barreiro, Prudentu00f3polis, Reserva do Iguau00e7u, Rio Azul, Rio Bonito do Iguau00e7u, Rebouu00e7as, Santa Maria do Oeste, Turvo, Virmond

Sala de espera do CAS de Guarapuava
Um dos consultu00f3rios do CAS de Guarapuava, unidade ju00e1 realizou quase seis mil consultas desde que comeu00e7ou a funcionar em abril de 2017

2 comentários em “CAS: Acesso e agilidade fazem a diferença

    • outubro 19, 2020 em 9:38 am
      Permalink

      Agradecemos a audiência, Fernanda!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//Código do Google Analytics