Obesidade infantil: mais do que estética, saúde!

De olho na obesidade infantil, Unimed Cascavel investe na promoção de hábitos saudáveis entre crianças e adolescentes

Um dado assustador vem preocupando pais e médicos: o aumento da obesidade infantil. Segundo o Ministério da Saúde, uma em cada três crianças e adolescentes brasileiros está acima do peso. No mundo todo, o número de crianças com obesidade dobrou desde 2000, de acordo com a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

Atenta a essa tendência mundial, a Unimed Cascavel realiza, desde o início do ano, o projeto Na Medida Kids. A iniciativa estimula a mudança de hábitos entre crianças de 8 a 12 anos. Na primeira turma a participar da iniciativa, estavam pacientes com sobrepeso ou obesidade, que foram indicados pela pediatra do Centro de Atenção à Saúde (CAS) Dr. Álvaro Rabelo. Atualmente, a segunda turma já está em andamento.

Leia também: Dicas de saúde: como prevenir e tratar a obesidade

A médica da Família e Comunidade Luciana Cavalli conta que, para promover as mudanças, os jovens pacientes contam com o apoio de uma equipe multidisciplinar. O CAS oferece um acompanhamento nutricional de seis meses, sete módulos com psicóloga e nutricionista, e três meses de atividade física totalmente adaptada para crianças, com brincadeiras e circuitos.

“Uma criança obesa tem tendência a se tornar um adulto obeso também, com hábitos de vida inadequados e associação de outras doenças. Portanto, nosso maior objetivo é a prevenção ”, ressalta Luciana. A médica explica que todas as orientações são realizadas com a participação e o envolvimento dos pais. Assim, os adultos acabam entrando na reeducação alimentar e mudam o estilo de vida devido ao comprometimento das crianças com o Projeto.

E os resultados já estão aparecendo nas medidas da criançada. Na turma que está em acompanhamento, 63,64% dos 15 participantes já tiveram redução da circunferência abdominal e da cintura. Isso em apenas três meses de atividades.

“Os pais relatam que os filhos melhoraram suas escolhas e apresentam redução no consumo de alimentos industrializados e aumento do consumo de alimentos naturais”, complementa Luciana.

Leia também: Como deve ser o tratamento para a obesidade?

O Projeto não tem custo algum e está disponível para todas as crianças beneficiárias da Unimed Cascavel. Os atendimentos e encontros são realizados no CAS, que existe desde 2015 com projetos de medicina preventiva e Atenção Primária à Saúde. O espaço ainda conta com a Rede de Cuidados Continuados (RCC) e o Projeto Abraçar, voltado ao cuidado de crianças autistas.

No Centro, os beneficiários encontram equipe médica com especialidade em medicina de família e pediatria, equipe multidisciplinar, posto de coleta de exames laboratoriais, programa para atendimento de pacientes paliativos, projeto de terapias especiais para autistas, além de programas para gestantes, idosos, obesos e tabagistas.

“O que alcançamos até aqui é um exemplo do que pode ser conquistado por meio do cuidado integral, reforçando a importância na prevenção de doenças e no controle de crônicos. Em nossas carteiras, sempre desenvolvemos ações de promoção, prevenção e acompanhamento dos nossos clientes, desde a mais tenra idade”, assegura Luciana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *