Unimed Vale do Iguaçu: uma trajetória de 20 anos

Unimed Vale do Iguaçu: uma trajetória de 20 anos

Focada na valorização dos cooperados e no serviço de qualidade, Singular completa duas décadas de prestação de serviço

A história da Unimed Vale do Iguaçu já começa de uma forma diferente. A Singular, fundada em setembro do ano 2000, é responsável pelo atendimento de beneficiários de dois estados. Com sede em Porto União (SC), que faz divisa com União da Vitória (PR), a cooperativa presta serviço para duas cidades paranaenses e outras sete catarinenses.
“São duas localidades, mas a população continua sendo única”, lembra o pediatra Oseimar de Oliveira Castro Ribas, presidente da Unimed Vale do Iguaçu. Para ele, é um privilégio estar em uma divisa porque a Singular pode contar com a assessoria tanto da Unimed Paraná, quanto da Unimed Santa Catarina. Entretanto, a situação também apresenta desafios.
“A gente tem algumas dificuldades técnicas. Temos que ter leituras, programas e aplicativos diferentes porque são Federações distintas. Acaba sendo trabalho dobrado para prestarmos o melhor serviço”, explica.
O comprometimento também se estende aos cooperados. A Unimed Vale do Iguaçu trabalha constantemente para garantir a melhor remuneração para os médicos, quando comparada aos demais planos de saúde da região.
“Somos referência nesse sentido. Subindo nosso valor, outros convênios acabam se sentindo na obrigação e também aumentam. Do mesmo modo, os médicos também conseguem exigir mais. É uma valorização do profissional”, ressalta.
Essa é a quarta vez que Ribas é gestor da cooperativa, sendo, inclusive, o primeiro presidente da história da Unimed Vale do Iguaçu. Nesse período, acompanhou os altos e baixos da Instituição. Entre os destaques, ele aponta dois momentos marcantes.
“O primeiro foi a nossa criação em si. Foi um divisor, algo importante, a própria Unimed como prestadora era uma novidade em âmbito de Brasil na época, além de sermos uma Singular que pertence a duas Federações”, assegura.
O segundo foi negativo, mas trouxe grandes aprendizados e mostrou a força do Sistema Unimed. Há alguns anos, a Singular passou por uma situação financeira complexa, o que motivou a criação de uma força-tarefa. O médico relata que as Federações do Paraná e Santa Catarina trabalharam juntas para a reformulação da cooperativa. “Foi um case de sucesso, com isso, modernizaram-se algumas coisas, mudou-se o alinhamento, e de lá para cá a cooperativa vem passando por anos bons”, acrescenta.
Para o futuro, Ribas menciona que o objetivo é manter o desenvolvimento da cooperativa, assim como proporcionar mais opções de serviços e produtos ofertados.
“Uma das nossas perspectivas é adquirir um imóvel para a implantação de um ambulatório que congregue especialidades, como fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia e nutrição. Assim, teremos o ambulatório mais adequado aos nossos beneficiários”, revela.

PERFIL

• Beneficiários na área de atuação: 5.465
• Cooperados: 86
• Colaboradores: 9
• Área de atuação: Bituruna, Cruz Machado, General Carneiro, Ireneópolis, Paula Freitas, Paulo Frontim, Porto União, Porto Vitória e União da Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//Código do Google Analytics