Ansiedade na pandemia: dicas para enfrentar crises

Não há como negar: a pandemia de Covid-19 causou muitos efeitos colaterais além da doença em si. Uma das questões que mais tem sido destacada é a questão da saúde mental e, indo mais afundo, as crises de ansiedade. Afinal, como é possível enfrentar e, até mesmo, evitar que esse sentimento domine os dias de isolamento social?

Ansiedade: quando o sentimento vira transtorno

De acordo com a psicóloga Patrícia Olivo Poiani, que atua no Centro APS da Unimed Paraná, esse momento exige “consciência da mudança do cenário e adaptabilidade ao momento atual”.

Isolamento: a relação entre a respiração e a ansiedade

Desta forma, a psicóloga trouxe uma série de dicas e comportamentos são importantes para melhorar a ansiedade:

Filtre as informações

É importante se informar, mas evite o excesso de informações o que pode gerar aumento da ansiedade e sentimentos de desesperança. Reserve um momento no dia para atualizar-se das informações em fontes oficiais e seguras.

Estabeleça uma Rotina

A rotina organiza e alivia a ansiedade, determine horários regulares para acordar, trabalhar, se alimentar, fazer atividade física, estar com a família, ter lazer e descansar.

Busque Atividades Reforçadoras

Promova no seu dia bem-estar e equilíbrio, aprenda a cozinhar um prato diferente, assista filmes com mensagens otimistas, ouça músicas, leia livros, aprenda uma atividade nova, faça cursos online, assista a live da sua banda preferida.

Cultive laços de afeto com familiares e amigos

Esteja mais próximo dos seus familiares em casa, assistam a um filme juntos, preparem um prato especial, revisitem o passado nos álbuns de fotografia, ligue, mande uma mensagem, faça uma chamada de vídeo para quem está longe.

Mente e corpo em equilíbrio

Pegue leve com você, evite cobrança, faça o que é possível nesse momento, alimente-se de forma adequada, mantenha a rotina no trabalho com as pausas do intervalo, alongue-se, respire e inspire profundamente várias vezes ao dia tentando esvaziar a mente, durma 8 horas por noite.

Fortaleça sua espiritualidade

Independente da religião, pare uns minutos do seu dia para olhar para dentro de você, medite, agradeça o que e quem você tem na vida, cultive pensamentos positivo e renove sua fé em dias melhores.

Peça ajuda

Caso esteja sentindo-se muito triste, angustiado, com pensamentos de desesperança, busque o apoio de especialistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *