Unimed Paraná promove videoconferência sobre Covid-19

A Unimed Paraná promoveu, na manhã desta segunda-feira (19), um encontro on-line sobre o enfrentamento da Covid-19. O evento foi dirigido a profissionais e coordenadores das 22 unidades do sistema instaladas no estado, e contou com a palestra das profissionais Acácia Maria Lourenço Francisco Nasr e Viviane Maria de Carvalho Hessel Dias, respectivamente, coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde (SESA) e coordenadora do Serviço de Infectologia e Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Nossa Senhora das Graças e Hospital Marcelino Champagnat.

Leia também: Números atualizados do novo coronavírus no Paraná

A reunião abordou os temas “Cenário Epidemiológico da Pandemia pela Covid-19 no Paraná” e “Avanços no tratamento hospitalar da Covid–19”. “A parceria, com a troca de experiências e de informações entre os setores público e privado, é fundamental para a Saúde e reflete diretamente no cuidado da população”, afirma o Secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto, na abertura do evento.

Discussões

A Sesa apresentou o cenário epidemiológico da pandemia que hoje mostra sinais de redução. “Mesmo com números indicando uma contenção, temos que estar atentos e atualizados; a informação aos profissionais da área tem sido importante ferramenta para o combate à Covid-19”, reforça o secretário.

A videoconferência, organizada pelo Centro de Controle e Enfrentamento à Pandemia de Covid-19 da Unimed, reuniu 23 cooperativas médicas no Paraná. “Estamos diante de uma pandemia e ainda não temos tratamento farmacológico específico ou vacina disponível; por isso é fundamental a integração entre os setores púbico e privado, no sentido de compartilhar informações e promover ações estratégicas”, disse o médico e coordenador das discussões do grupo reunido nesta segunda-feira, Luiz Henrique Picolo Furlan.

“O Paraná está sendo um exemplo na condução das ações referentes à pandemia do novo coronavírus e acreditamos que isso acontece graças ao envolvimento dos setores de forma engajada, responsável, técnica e organizada”, destaca o presidente da Unimed Paraná, Paulo Roberto Fernandes Faria.

Dados

“Quando avaliamos os casos registrados por semana epidemiológica temos hoje uma redução de cerca de 66% em relação ao número de casos”, diz a coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesa, Acácia Nasr. “Mas, não podemos nos tranquilizar pois, mesmo com a indicação de redução, os números de confirmações de novos casos são elevados e a possibilidade de contaminação depende do comportamento das pessoas”, explica.

“Destacamos ainda, junto aos profissionais e aos serviços de saúde, a importância da notificação de casos de síndromes gripais para que esta redução seja realmente confirmada excluindo a possibilidade de subnotificação”, reforça a coordenadora.

A média móvel dos últimos 7 dias no Paraná é de 1.051 casos da Covid-19. Em relação à média móvel de 14 dias atrás, a redução é de 20%, indicando tendência de queda. Conforme dados da Vigilância Epidemiológica, cerca de 1,71% da população paranaense já foi acometida pela infecção.

Estratégias

Entre as ações destacadas pela Sesa para o enfrentamento da pandemia está o rastreamento de contatos. “Trata-se de uma estratégia implantada pelo Governo do Estado do Paraná para localizar todos os contatos de pacientes com casos confirmados de síndromes gripais;  identificando esta rede de pessoas próximas aos contaminados, podemos testar e isolar e, assim, controlar e diminuir a transmissão pessoa a pessoa”, complementa a coordenadora.

Com informações da SESA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *