Covid-19: Paraná ultrapassa a marca de 2 milhões de vacinados

O Paraná chegou, nesta terça-feira (11), à marca de 2 milhões de paranaenses vacinados com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Até o momento, o estado já aplicou mais de 3 milhões de vacinas – entre primeira e segunda dose.

Leia também: Números atualizados do novo coronavírus no Paraná

Até as 11h desta quarta-feira (12), o Vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde mostrava que 2.045.375 paranaenses receberam a primeira dose, sendo que aproximadamente 53% delas completaram o ciclo vacinal, com a aplicação das duas doses. Ao todo, já foram aplicadas 3.127.712 vacinas das 3.749.90 distribuídas aos municípios.

As mais de 2 milhões de vacinas aplicadas correspondem a 80,9% das 2.528.809 milhões destinadas para a primeira dose. Também foram aplicadas 88,6% das 1.211.111 milhão de vacinas enviadas para serem usadas como dose de reforço, um total de 1.082.337.

Grupos prioritários imunizados

Com a marca atingida nesta terça, o Paraná já vacinou com a primeira dose cerca de 92% das pessoas com 60 anos ou mais, além de um número maior de trabalhadores de saúde do que o previsto inicialmente no Plano Estadual, já que novos profissionais estão contratados para fazer frente à doença.

Até agora, 1.650.459 idosos tomaram a primeira dose, sendo que 809.892 também já receberam a segunda. Nos profissionais de saúde, foram aplicadas 326.075 primeiras doses e 248.343 segundas doses. Também já foi imunizada grande parte das pessoas idosas institucionalizadas, pessoas com deficiência em instituições inclusivas, indígenas, quilombolas e comunidades tradicionais.

Desde o mês passado, a vacina também está sendo aplicada nos trabalhadores das forças de segurança e salvamento e das Forças Armadas, sendo que 9.986 profissionais já receberam a primeira dose.

Vacinação de pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas e demais prioritários

Com a vacinação atingindo grande parte do público idoso, o Estado passou, então, a vacinar pessoas com idade entre 18 e 59 que tenham comorbidades, além de gestantes e puérperas, e pessoas com deficiência permanente grave. A Secretaria da Saúde começa agora a distribuir as vacinas que serão aplicadas nos profissionais da educação, ação paralela ao retorno gradativo das aulas presenciais no Paraná.

Covid-19: Vacinação de pessoas com comorbidades e gestantes

Com um público de cerca de 1,3 milhão de pacientes com comorbidades, número que também inclui mulheres grávidas ou que deram à luz recentemente, o grupo é o que concentra o maior número de pessoas, de acordo com o Plano Estadual de Vacinação. Entre os cerca de 1,3 milhão elencados no plano, 31.747 receberam a primeira dose até o momento.

Fonte: SESA PR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *